2018/05/09

Carro autónomo da Uber viu peão que atropelou mas decidiu ignorá-lo


A investigação do caso do atropelamento mortal por um dos carros autónomos da Uber aproxima-se da sua conclusão, e agora sabe-se que os sistemas do veículo tinham detectado a mulher a atravessar a estrada... mas optaram por ignorá-la.

Este caso do atropelamento sempre foi bastante suspeito desde o início, desde logo havendo quem referisse que até o próprio sistema anti-colisões existente nestes veículos de origem teria sido capaz de evitar o acidente (mas estava desactivado para não interferir com os sistemas mais complexos do sistema de navegação autónoma), e que o LIDAR e câmaras instaladas também teriam forçosamente que ter detectado a mulher que atravessava a estrada... e de facto, assim foi.

Um dos relatórios desta investigação refere que o sistema do veículo viu que havia algo na estrada mas não o classificou como sendo um peão, tratando-o como se fosse algo que pudesse ignorar.

Determinar o que é um obstáculo ou peão é algo que é mais complicado do que parece... pois se se deixar o sistema demasiado sensível corre-se o risco do automóvel fazer uma travagem brusca (pondo em risco quem seguir atrás) sempre que apanhar um saco plástico ou página de um jornal a voar pelo ar; mas por outro lado, se não detectar correctamente as coisas que deve evitar... estamos perante atropelamentos potencialmente fatais.

... Ainda assim, continuo a achar suspeito porque motivo os resultados do LIDAR, que deveriam ter apanhado um obstáculo suficientemente volumoso para ser considerado "a evitar", não foram suficientes para fazer com o que o carro travasse.

Por algum motivo, a Google na sua sessão de abertura do Google I/O fez questão de referir que a tarefa de detectar peões é incrivelmente complexa... mostrando exemplos de como os seus carros autónomos detectam correctamente peões que podem estar parcialmente obstruídos (como um trabalhador enfiado num buraco na estrada, outro que atravessa a estrada transportando um objecto volumoso que apenas deixa ver as pernas; ou ainda outros vestidos com fatos de dinossauro!)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]