2018/05/07

Esquema da Nigéria continua vivo e de boa saúde na internet


Os esquemas nigerianos acompanham a internet praticamente desde a sua origem e, contrariamente ao que se poderia imaginar, continuam a ser bastante rentáveis e produtivos... excepto para quem cai neles.

Se por vezes ficamos a conhecer elaborados casos de ataques cibernéticos que parecem saídos de um filme de ficção, no caso dos esquemas nigerianos o sistema é bem mais simples, apostando na simplicidade em vez da sofisticação, e tirando partido da infeliz realidade de que, no meio de milhões de pessoas, haverá sempre alguém mais descuidado que se torne numa nova vítima.

O esquema nigeriano original é bastante simples e conhecido, recebendo-se um email (spam) que apresenta um qualquer argumento estapafúrdio sobre alguém que morreu (ou qualquer outra coisa) e que necessita de movimentar uns milhões de euros para fora do país, prometendo uma generosa comissão pelo nosso auxílio - em troca, é "apenas" pedido que a vítima lhes envie uma determinada quantia "reduzida", para demonstrar a sua seriedade... Pois bem, surpreendentemente há quem continue a cair neste esquema ou em variantes, onde a ideia é sempre a mesma: "você vai ganhar milhões... mas antes disso, passe para cá umas centenas ou milhares".

Estes ataques nem sequer tentam disfarçar o facto de serem esquemas nigerianos, pois não é o seu objectivo tentar enganar qualquer pessoa minimamente informada sobre o assunto. O que eles procuram são as vítimas que, mesmo tendo lido referências à Nigéria naquele email, continuem interessadas em saber mais sobre o processo... e eventualmente contribuindo para encher os bolsos destes "sindicatos".


Isto não quer dizer que o esquema da Nigéria não tenha evoluído. Actualmente existem muitas outras variantes, que tanto habitam nos sites de leilões, como também já podem chegar a níveis mais sofisticados, tentando enganar empresas com facturas falsas... e nalguns casos conseguindo-o.

Importa nunca esquecer que, se por esta internet fora há gente com demasiado tempo livre que se diverte a criar memes e apresentações de powerpoint cómicas... imagem só a quantidade de pessoas que olhará para esta vasta paisagem digital como território de caça "aos patos"... e onde ninguém está livre de se tornar num pato - a não ser pelo aspecto que a todos se recomenda, de que quando algo parece demasiado bom para ser verdade... é porque, provavelmente, o é!

3 comentários:

  1. Desde que tomei conhecimento que existem pessoas a gerir páginas Web e Facebook a defender o conceito de "Terra plana", acho que vindo do ser humano, pode-se esperar de tudo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahaha, enviaram-me hoje essa pagina, morri a rir.

      se vires a pagina como quem vê uma comédia fartas-te de rir

      Eliminar
    2. Sim, concordo. Se olhares para aquilo como um teatro de comédia, é rir de manhã à noite.

      Mas depois recordas-te de que as novas gerações ainda não sabem de alguns conceitos que nós já sabemos e, se visitarem aquelas páginas, começam a aceitar alguns daqueles conceitos como válidos.

      Então, só por descargo de consciência, colocas um comentário para recordar só um pouco como afinal são mesmo as coisas...

      E depois verificas que foste bloqueado...

      E depois começas a verificar que, se tentares ir contra o conceito, levas com comentários bastante agressivos mesmo...

      E verificas que aquilo é tudo menos comédia...

      E começas a pensar no concreto sobre a frágil condição que é o futuro da humanidade...

      Eliminar

[pub]