2018/05/13

Google Assistant sem português de Portugal


Temos más notícias para todos os que esperavam falar em português de Portugal para o seu Google Assistant e Google Home até ao final do ano; segundo o mapa revelado pela Google, Portugal será um dos países que ficará excluído da expansão do serviço.

Quando a Google anunciou que o Google Assistant iria suportar 30 línguas e ficar oficialmente disponível em 80 países até ao final do ano, muitos foram aqueles que imaginaram que Portugal seria um dos contemplados. Infelizmente, a avaliar pelo mapa que a Google exibiu no Google I/O 2018... não será o caso.

Embora praticamente todos os países da Europa ocidental estejam contemplados com o acesso ao Google Assistant na sua língua nativa, Portugal torna-se na excepção à regra... e penso que o facto da Google se ter dado ao trabalho de não "pintar" Portugal no mapa será um bom indicador de que não haverá planos para que isso aconteça tão cedo - especialmente quando o assunto já está tratado para o mercado de língua portuguesa que realmente lhes interessa: o Brasil.


Ainda assim, e precisamente por o Google Assistant já perceber "português"... não deixa de ser estranho que a Google não tenha feito esse esforço de considerar o Português de Portugal... pois mesmo sabendo-se que somos apenas cerca de 10 milhões, há que considerar que a Google se deu a esse trabalho para países como o Lesoto, que tem 2 milhões de habitantes.

... Vamos esperar que a Google ainda reconsidere a situação e nos dê uma excelente prenda de Natal no final do ano, revelando que afinal também os Portugueses poderão falar com o Google Assistant sem terem que simular o sensual e mais musical (que não é isso que está em causa) - mas nem sempre prático de utilizar no nosso dia a dia - "brasileiro".

11 comentários:

  1. Vão dar banho ao cão, que estúpidos.

    ResponderEliminar
  2. Quando usava iPhone, todos os meses enviava um email ao Tim Cook a perguntar para quando uma Siri que percebesse e falasse português (tuga ou brasuca era indiferente) a 7° língua falada. Mandei-lhe umas dezenas. Entretanto mudei para Android... Same story... Eheheh

    ResponderEliminar
  3. O Google vem para Portugal, vai ser giro ver todos a falarem Brasilês ou Inglês para interagir com um o GA...'Ai Assistant, me dá o foricast do tempo para semana! Não vai chovê... mi agenda um rodada de cervejolas com a galé do escritório para 5ª ás 18:30H no ...'

    ResponderEliminar
  4. Nem o motor de pesquisa está em português de Portugal quanto mais o Google Assistant. Numa boa parte das pesquisas que faço em português o Google envia-me para páginas brasileiras. Dou várias vezes por mim a ter de usar a pesquisa avançada para definir o país como Portugal porque obviamente não me interessa mandar vir um produto de uma loja brasileira, por exemplo.

    ResponderEliminar
  5. Fuck...Europa toda com o serviço e aqui nada! Que fail :/

    ResponderEliminar
  6. Tb é estranho a funcionalidade de Home Control não estar disponível em português do Brasil... Mas se realmente não vao ter o português de Portugal este ano, quer dizer que mais uma vez o Pixel 3 não vai estar oficialmente disponível em Portugal, que é mais pois as promoções com a ofrta do Google Home mini na compra do pixel tb não vai estar acessíveis por cá :(

    ResponderEliminar
  7. Pela imagem apenas são visiveis 72 paises, mas a google afirmou que seriam 80. Mesmo considerando os paises minusculos como luxemburgo ainda há a hipotese de vir para Portugal

    ResponderEliminar
  8. Povo português devia boicotar a google. Podias criar uma cena através do deste magnifico site :)
    A google quer que a gente fique br. Se soubessem o quanto me irrita querer pesquisar cenas pt e sair sempre br.
    Tou farto das políticas niveladoras desta gente. Somos um pais com alma e muito conteudo ao contrario de que pensam esses formatadores e niveladores do comportamento e pensamento humano.

    ResponderEliminar
  9. Honestamente isto é o seguimento de outros serviços que teimam em não ficar disponiveis para Portugal. Afinal, e por muito que tentem anunciar o contrário, somos mesmo irrelevantes no contexto internacional.

    ResponderEliminar
  10. este problema já teve pior, a uns tempos, maior parte do mundo já brincava com android e os Portugueses que os conheciam andavam a sonhar com eles :p

    ResponderEliminar

[pub]