2018/05/22

HMD garante 100 milhões em financiamento para produzir mais Nokias

Depois de um período de "luto" a marca Nokia está novamente a reconquistar a confiança dos utilizadores no segmento dos smartphones Android, e a HMD tem grandes expectativas para que o futuro seja cada vez melhor.


O ano de 2017 ficou indubitavelmente marcado pelo ressurgimento da marca Nokia nos smartphones, a cargo da HMD. No primeiro ano de existência desta nova Nokia, a HMD conseguiu vender cerca de 70 milhões de smartphones, num total de 2,1 mil milhões de dólares. Este início de 2018 também não está a correr nada mal, com a Nokia a conseguir obter o quinto posto a nível Europeu, no mercado de smartphones.

Estes bons resultados, por certo que ajudaram a HMD a conseguir agora reunir investimentos no valor de 100 milhões de dólares, montante que será utilizado na produção de equipamentos ao longo  dos próximos meses. De acordo com a Reuters, entre os investidores encontram-se a FIH Mobile (uma subsidiária da Foxconn) e a DMJ Asia Investment Opportunity. Jean-Francois Baril, um antigo Senior Vice President da Nokia, liderou esta ronda de investimento.

Florian Seiche, HMD Global CEO tem expectativas elevadas para ao futuro, tendo por objectivo "voltar a ser um dos grandes nomes no mercado de smartphones". Os resultados de 2017 são, segundo o quadro da HMD, "um bom prenúncio" para um 2018 em alta.

Depois dos novos smartphones lançados no MWC de Barcelona, aguarda-se agora pelo lançamento de um novo topo de gama, capaz de igualar o que de melhor tem sido feito pelos seus concorrentes, sobretudo na questão da fotografia, área onde a parceria com a Zeiss poderá resultar em surpresas agradáveis.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]