2018/06/11

O curioso ecrã do ZenFone 5 ao sol


Enquanto aguardamos a chegada (iminente) do muito aguardado ZenFone 5Z, descobri um aspecto curioso referente aos ecrãs desta família de smartphones da Asus, feitos a pensar em quem gosta de os utilizar ao Sol.

Ao testar o ZenFone 5 (o "normal") deparei-me com algo que não esperava ver num smartphone Asus. Embora o smartphone continue a ter o mesmo design que considero ser um dos melhores conseguidos do momento e uma qualidade de construção de topo, a uniformidade da iluminação do ecrã altera-se drasticamente consoante o ângulo de visão. Um ecrã que é completamente branco quando visto de frente, exibe alterações significativas caso esteja a ser visto "inclinado" (tal como quando olhamos para ele estando pousado numa mesa).


Fiquei intrigado. A Asus é conhecida por ter sido uma das primeiras marcas a apostar desde cedo em ecrãs de qualidade nos seus equipamentos - no tempo em que ainda havia marcas a usar LCDs "não-IPS", com grandes alterações nas cores e reduzido ângulo de visualização; e custava-me acreditar que a Asus fosse "andar para trás" nestes seus ZenFone 5.

Depois de investigar um pouco o assunto, parece que afinal isto é efeito de uma nova tecnologia criada para deixar o ecrã mais brilhante quando usado ao Sol... pelo que era tempo de por isso à prova - mal sabendo eu que iria ter uma surpresa ainda maior.


Tal como me tinha sido indicado, o ecrã do ZenFone 5 comporta-se excelentemente ao Sol; o único problema é que tal não consegue ser retratado nas fotografias! Nas imagens acima tenho duas fotografias tiradas com segundos de intervalo, com a única diferença a ser que uma delas é tirada numa zona à sombra e a outra exposta ao sol. Nas fotos vemos que com o smartphone à sombra temos o ecrã bastante brilhante; na foto ao Sol o ecrã parece ficar bastante mais escuro.

Ora... a questão é que, aos nossos olhos, vemos o ecrã do smartphone ao sol com uma luminosidade idêntica à que vemos na foto à sombra, perfeitamente visível. No entanto, ao tentar fotografar isso, o resultado é sempre uma imagem "escura" que não corresponde à realidade. Inicialmente até pensei que fosse uma questão de polarização... mas o que é certo é que mesmo com diferentes câmaras a tirar fotos, os resultados foram sempre idênticos - e serviu para aprender que nem sempre uma câmara é capaz de captar aquilo que os nossos olhos estão a ver.

Dito isto... para quem usar o seu smartphone essencialmente no exterior, sem dúvida que preferirá esta opção da Asus, sacrificando um pouco da uniformidade de iluminação quando se olha o ecrã "de lado" .

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Talvez tentando tirar a foto com um fundo escuro para que a máquina fotográfica não tente compensar o excesso de luz do que está por trás do telemóvel...

    ResponderEliminar
  3. Isso é porque as camaras digitais não possuem o mesmo alcance dinâmico (HDR) que o olho humano. Tem havido melhorias nos ultimos anos mas ainda assim não é facil chegar ao mesmo nivel.

    ResponderEliminar
  4. Ecrã que brilha ao sol já os GPS de campo da Garmin têm há quase 10 anos

    ResponderEliminar
  5. Isto faz-me recordar alguns dos primeiros modelos topos de gama das câmaras digitais da série Cybershot da Sony. Vinham equipadas com um ecrã a que eles chamavam Hybrid LCD com um botão para ligar e desligar a retroiluminação.
    Funcionava tão bem (e permitia grandes poupanças de bateria em dias de Sol intenso) que até aos dias de hoje me pergunto porque é que isto não se tornou norma:
    https://www.digicammuseum.de/fileadmin/_processed_/csm_cybershot00a_f7e81be4b9.jpg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, até pq hj teria havido uma evolução considerável, e provavelmente a diferença de qualidade seria minima. Um outro exemplo é o relógio Amazfit bip da Xiaomi, que à custa disto dura quase 1 mês a bateria em Always-On, só preciso ligar a luz à noite

      Eliminar
  6. Pablo , eu tenho o BIP e o Pace e a solução é excelente para a luz do dia , mas em casa é um desastre , já deveríamos estar noutro patamar de desenvolvimento, pelos vistos a Asus está a entregar uma solução de boa visibilidade quer no interior quer no exterior e isso é bom .

    ResponderEliminar

[pub]