2018/07/05

Apps Android não estão a espiar utilizadores


Boas notícias, quem suspeitasse que as apps no seu smartphone pudessem estar a espiá-lo poderá ficar um pouco mais descansado, pois uma análise a mais de 17 mil apps não descobriu qualquer recolha suspeita de dados... excepto numas poucas excepções.

Investigadores da Northeastern University em Boston passaram um ano a analisar 17260 apps de entre a lista de apps mais populares na Google Play Store (e outras lojas de apps) e embora tenham descoberto que grande parte delas pede acessos que se podem considerar exagerados (como acesso à câmara e microfone) a maioria das que o faz nem sequer tira partido desses acessos.

Mesmo apps que poderiam levantar maiores suspeitas, como as apps do Facebook, Google, etc. não foram apanhadas a aceder ao microfone ou câmara a não ser em situações onde esse acesso fosse indispensável (como quando se grava um vídeo) - o que será um pequeno consolo para aqueles que receassem que algumas destas apps pudessem estar a escutar continuamente tudo o que dissessem; como algumas teorias da conspiração alegam.

No entanto, foram também apanhadas algumas apps com comportamentos curiosos e que poderiam não estar a ser comunicados aos utilizadores de forma suficientemente explícita: a app GoPuff, um serviço de entrega de comida, recolhe capturas de ecrã enquanto os utilizadores estão a interagir com a app, e envia-as para um servidor remoto. Um comportamento que os criadores da app atribuíram ao sistema de tracking Appsee que estão a utilizar, mas que se defendeu dizendo que a utilização correcta do sistema está a cargo de quem cria a app, havendo ferramentas para evitar que sejam recolhidas informações privadas e sendo exigido que a app informe os utilizadores de que poderão estar a ser monitorizados.

Enfim... enquanto situações como esta forem a excepção à regra e não o oposto, menos mal.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]