2018/07/05

Xiaomi clarifica garantia para equipamentos comprados nas lojas não oficiais


Agora que a Xiaomi se começa a implementar na Europa, a sua representação em Espanha decidiu clarificar que a garantida de dois anos só se aplica aos produtos comprados nas lojas autorizadas.

Quem segue a conta da Xiaomi Espanha no Twitter, tem tido oportunidade de acompanhar os diversos eventos que a marca tem levado a cabo. Foi através desta rede social que a marca aproveitou para chamar à atenção para a questão da garantia dos seus equipamentos, relembrando que esta só funcionará para os equipamentos adquiridos num dos parceiros autorizados, referindo lojas como a Fnac, MediaMarkt, Worten, El Corte Ingles, Amazon Espanha, PC Componentes, Carrefour, Alcampo, Vodafone e AliExpress.

Ora... o grande problema que a Xiaomi deverá estar a notar é aquele que já referimos por diversas vezes, referente às diferenças de preço praticadas oficialmente pela Xiaomi na Europa face aos preços praticados nas "lojas chinesas"; se bem que nestas últimas a questão da garantia deva melhor ser assumida como inexistente. Por exemplo, se no caso de um Xiaomi Mi Mix 2S estamos a falar de 505 euros na Amazon.es versus 460 euros numa loja chinesa, diferença que não justifica arriscar; noutros modelos esta diferença é bem mais tentadora, como quando se trata de um Redmi 5 Plus a 122 euros vindo da China versus os 199 euros que custa na Worten. Neste caso, mesmo com a condicionante de não se poder contar com a garantia (que continua a existir mas pode revelar-se mais morosa), é de imaginar que haverá mais pessoas dispostas a arriscar.

Esta terá que ser uma situação ponderada caso a caso, em função dos produtos e dos preços do momento... Sendo que também não podemos esquecer que continuam a existir muitos produtos para o qual nem sequer há discussão, pois a Xiaomi ainda só comercializa por cá uma pequena fracção da sua enorme gama de produtos, e nesse caso não há como evitar o recurso às lojas online chinesas.

4 comentários:

  1. Bom... eu comprei cá o redmi 5 plus por 140€. Espero que esteja abrangido pela garantia

    ResponderEliminar
  2. Supostamente a Gearbest PT tem garantia de 2 anos, mas sim, eu basicamente assumo que não vou ter garantia nenhuma dos produtos que lá comprar e até agora não tive problemas. Mas verdade seja dita que mesmo as garantias de cá nem sempre correm bem, ainda me lembro de tentar activar a garantia num portátil Toshiba comprado na Staples, tive de esperar um mês pela análise do problema e no fim devolveram-me o portátil dizendo que não tinha qualquer problema. Se fosse um problema intermitente ainda se compreendia mas o portátil nem sequer ligava! Para usar como pisa papéis realmente não tinha problema lol

    ResponderEliminar
  3. As compras numa loja portuguesa, para utilização pessoal, está coberta por dois anos de garantia. É o vendedor que tem a obrigação de prestar essa garantia (e depois, se tiver prejuízo com o equipamento, terá de exercer o direito de regresso junto do fornecedor ou do fabricante).

    Uma dica para obter coisas mais baratas nas lojas tipo Worten é ver se nas redondezas existe alguma loja a fazer uma promoção. Se houver eles praticam a política do preço mais baixo.

    ResponderEliminar
  4. Não vejo grandes dúvidas, quem adquire fora da UE sabe de antemão que a "garantia" é como se não existisse, se adquirido dentro da UE então cumpre aquilo que a própria UE obriga.
    Penso que não foi como esclarecimento mas como recordatório que o devem ter feito, e muito bem.

    ResponderEliminar

[pub]