2018/08/09

Telhas solares da Tesla continuam atormentadas por atrasos sem fim à vista


As telhas solares da Tesla foram apresentadas em 2016 e desde logo se tornaram numa solução que muitos fãs dos sistemas solares desejavam implementar em suas casas, mas passados dois anos estas telhas continuam tão inacessíveis e misteriosas quanto o eram antes de serem reveladas.

Vários funcionários da Tesla dizem que Elon Musk tem atrasado o arranque da produção em volume das telhas solares por achar que as telhas não têm o "factor estético" pretendido, e que estes atrasos se têm acumulado ao ponto de criarem problemas em muitas outras áreas. Por exemplo, a Panasonic, que está a produzir as células solares, já está a procurar outros clientes para tentar despachar a produção que não está a ser utilizada pela Tesla, como seria suposto; e há também máquinas compradas para a produção que se arriscam a tornar-se obsoletas sem que nunca tenham sido postas em funcionamento.

Bem sabemos que Elon Musk é conhecido por dar prazos por vezes demasiado optimistas, e que os atrasos são comuns nas suas promessas. No entanto, considerando que estas telhas solares foram apresentadas publicamente há quase dois anos(!) parece-me que será muito mau sinal que passado todo este tempo ainda esteja tudo parado por causa de algo que já deveria ter sido resolvido antes sequer da revelação oficial.

Esperemos que, à semelhança do que tem acontecido nos automóveis, também o telhado solar possa acelerar para o sucesso no exacto momento em que o colapso parece iminente - embora, pessoalmente, achasse que teria sido bem mais interessante um sistema de telhado solar composto por painéis de grandes dimensões em vez das telhas solares de dimensões reduzidas (mesmo compreendendo o desejo de manter o aspecto e instalação estilo "tradicional").





5 comentários:

  1. Carlos o problema é que cada vez mais as marcas querem ser pioneiras e que se fale nelas apresentando produtos que estão muito longe da sua versão final.
    São mercados totalmente diferentes mas basta ver que também está a fazer 1 ano que a Apple apresentou o AirPower e até agora ainda não chegou ao mercado...

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Isto ja para não falar que mesmo no caso duma família de classe média o sistema fica caríssimo, numa altura em que por 5000 euros já se consegue instalar um sistema convencional com bateria (embora de capacidade modesta), a bateria da Tesla embora tenha muito mais capacidade é dispendiosa, deveriam ter baterias mais pequenas e acessíveis, caso contrário pelo menos aqui não vão ter sucesso :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens que te lembrar que o mercado português não interessa a ninguém, nos ficamos com o que é feito a pensar nos outros. Nos estados unidos, pagas aquilo em 5 anos.

      Eliminar
  4. Os produtos da Tesla são elitista, daí o preço elevado.
    Esse atraso, que pode levar ao cancelamento ndo produto, põe em causa até, a credibilidade da empresa.

    ResponderEliminar

[pub]