2018/09/20

5 novidades do iOS 12 que podem passar despercebidas


O iOS 12 na sua versão final foi lançado há alguns dias e neste momento já muitas pessoas se estarão a acomodar a ele... sem saberem que na ponta dos seus dedos têm algumas novas funcionalidades que lhes podem ter passado despercebidas.

1. Trackpad no teclado para todos


Anteriormente um truque apenas disponível para os iPhones com 3D Touch, a capacidade de transformar o teclado da Apple num trackpad para posicionar o cursor com mais facilidade chega agora a todos os iPhones (desvalorizando um pouco mais a necessidade do 3D Touch).

Basta ficarem a pressionar durante um bocado a barra de espaço, e arrastar o dedo sobre o teclado para mover o cursor.


2. Adicionar um segundo rosto ao Face ID


A Apple apostou tudo no Face ID e disse o adeus definitivo ao Touch ID, mas muitos utilizadores poderão sentir a falta da possibilidade de darem acesso a outra pessoa, coisa que era possível com os 5 dedos que podiam ser reconhecidos com o Touch ID.

Não chegando a tanto, com o iOS 12 chega a possibilidade de se adicionar um segundo rosto ao Face ID. Oficialmente a funcionalidade é apresentada como sendo vocacionada para adicionar uma "aparência alternativa"... mas nada nos impede de adicionarmos quem muito bem entendermos (o que me faz relembrar que já era tempo de se ter suporte multi-utilizador no iPad, mas pronto...)

3. Do Not Distrub temporário e com geo-fencing


Mesmo à medida de quem não usava o modo "Do Not Disturb" por se esquecer de o desactivar e só muito mais tarde reparar que tinha perdido chamadas e mensagens importantes, com o iOS 12 chega a possibilidade de definir um período de tempo para o Do Not Disturb: por 1 hora, até ao dia seguinte, até se sair daquele local (usando geo-fencing, que é uma excelente opção), ou até ao final de um evento que se tenha no calendário.

Deverão ser opções mais que suficientes para a maioria das situações onde se possa desejar usar este modo. Também para evitar que a funcionalidade esteja ligada por acidente e passe despercebida, surge no lock screen uma indicação de que o modo Do Not Disturb está activado e até quando.

4. Silenciar notificações excessivas


Não há nada mais chato do que receber notificações demasiado intrusivas, e que antes obrigavam a uma grande exploração nos settings para se poderem silenciar. No iOS 12 as coisas tornam-se bastante mais simples, sendo possível aceder às configurações a partir das próprias notificações e estando presente uma opção para as silenciar e também para as desactivar.

No caso de as silenciarem, as notificações deixarão de fazer qualquer som ou vibração, e também não serão apresentadas no lock screen, sendo apenas visíveis caso espreitem deliberadamente a secção das notificações. Ideal para serviços que forneçam informações úteis, mas não tão úteis que justifiquem o incómodo constante.

5. Integração melhorada com gestores de passwords

O iOS 11 já contava com integração com gestores de passwords, mas no iOS 12 isso passa a ser feito da forma "que deveria ser". A utilização de serviços como o 1Password ou LastPass torna-se ainda mais fácil, com a password a ser introduzida directamente do teclado sem necessidade de abrir manualmente a app respectiva.



6. (Bónus) Menos screenshots acidentais


Por último, para todos os que sofressem de propensão para captar screenshots acidentais do lockscreen quando estavam simplesmente a agarrar no iPhone (uma vez que no iPhone X e novos iPhones XS e XR isso é feito pressionando o botão de power e volume para cima, que estão situados em local propício para isso) - no iOS 12 os screenshots ficam desactivados quando o ecrã está desligado e o iPhone está bloqueado.

Uma pequena alteração que deveria ter sido considerada de origem... mas, como sempre, mais vale chegar tarde do que nunca (especialmente agora que os iPhones XS e XR iriam sujeitar muitas mais pessoas a esta possibilidade.)



Se se depararem com alguma curiosidade do iOS 12 que se enquadre na categoria das "despercebidas", deixem-na ficar nos comentários.

4 comentários:

  1. Verdadeiramente, achei piada à Fita Métrica. Diga-se que com o "palmo" (20 cm) e a "mão travessa" (10 cm) e o fio da ponta dos dedos até ao ombro (1 m) desenrascava.

    Já tinha várias apps destas mas não batiam certo - em 2m erravam mais de 1 cm. Esta parece-me que bate certo ao mm, estou a achar estranho.

    ResponderEliminar
  2. 1 - Fica demonstrado mais uma vez que o 3D Touch é inútil ;-)
    3 - Use o 3D Touch para selecionar as opções de Do Not Disturb
    4 - Idem
    5 - Muito boa a integração com a 1Password e o preenchimento automatizado de credenciais
    6 - Screenshots com o XS/XR - já investi os 20€ no Fundo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 2) quem tiver um iPhone sem 3D touch decerto conseguirá fazê-lo através do long press (digo eu) - tal como no 1)
      4) não tem qualquer relação com o 3D Touch, está acessível directamente.
      6) Curiosamente... acho que no iPhone X nunca tirei um desses screenshots acidentais - muito mais frequentemente dou por mim a desligar o ecrã ou a mexer no volume, por não acertar com a tecla do volume certa (é a de cima? é a de baixo?... Ai as saudades dos screenshots com o home button).

      Eliminar
  3. A bússola agora é possível marcar o ponto a ir e depois mostra o desvio, nada de especial.

    ResponderEliminar

[pub]