2018/10/30

Apple actualiza Mac Mini


A acompanhar os novos iPad Pro e MacBook Air com Retina Display, a Apple mexeu também - finalmente - no Mac Mini.

O Mac Mini foi um modelo de sucesso, servindo de patamar de entrada no mundo Mac para quem não quisesse gastar demasiado dinheiro. Infelizmente, foi mais um dos modelos que parecia ter sido esquecido pela Apple, não recebendo qualquer actualização desde o final de 2014(!) - coisa que só agora, quatro anos mais tarde, veio a acontecer. Mas, como diz o ditado, mais vale tarde... do que nunca.

O novo Mac Mini passa a adoptar CPUs Intel de 8ª geração, começando num modesto Core i3 e podendo ir até ao i7, suporta até 64GB de RAM, SSD até 2TB, chip T2 para segurança, 4 portas USB-C com Thunderbolt 3, 2 portas USB-A, HDMI, e Ethernet (com opção 10Gb). E sim, ao contrário do iPad, também mantém ficha de 3.5mm para headphones.


No fundo, temos a demonstração de que os PCs não se medem aos palmos, podendo ficar com uma valente workstation bem apetrechada (Core i7, 64GB de RAM, 2TB SSD) num volume ridiculamente reduzido, que poderia facilmente ser subestimado.


Como seria de esperar, os preços deste novo Mac Mini também não se mede aos palmos, começando nos 919 euros para um Core i3+8GB+128GB, passando pelos 1269 euros para um Core i5+8GB+256GB, e podendo ir até uns estratosféricos 4876 euros para a versão topo de gama, com Core i7+64GB+2TB.

Penso que será pena não haver um Mac Mini a preço mais acessível - a versão de entrada de gama seria muito mais apetecível se se situasse nos 600-700 euros - mas certamente a Apple lá terá as suas razões para manter o patamar de acesso aos Macs nestes níveis elevados.

2 comentários:

  1. Este Mac Mini mais um eGPU não parece uma má opção. Pena que os Macs sejam horríveis para gaming.

    ResponderEliminar
  2. Para o ano lançam o mini pro, igual mas com aquele chip da Intel com uma gpu da AMD

    ResponderEliminar

[pub]