2018/10/30

Apple actualiza MacBook Air com Retina Display


A par dos novos iPad Pro com USB-C a Apple apresentou também uma linha renovada dos Macbook Air, que finalmente passam a contar com ecrãs "retina".

O MacBook Air pode ter sido responsável por influenciar toda a linha MacBook e torná-la naquilo que é hoje, mas era um dos modelos que parecia ter sido esquecido pela Apple, em detrimento do resto da família, que teve direito a receber diversas novidades ao longo dos anos (como os ecrãs Retina, a Touch Bar, etc.) Algo que a Apple finalmente vem resolver com a chegada deste novo Macbook Air de 13".

O novo MacBook Air vem com ecrã Retina Display de 13.3", margens em redor do ecrã reduzidas, Touch ID, Siri, CPU Intel Core i5 de 8ª geração, até 16GB de RAM, até 1.5TB de SSD, duas portas USB-C / Thunderbolt, teclado de 3ª geração (o que deverá ser mais resistente às teclas encravadas), peso de 1.25Kg, e continua a manter uma ficha de 3.5mm para os headphones.


O modelo base com um Core i5, 8GB de RAM e SSD de 128GB começa nos 1379 euros; passar para uns mais aconselháveis 256GB faz o preço subir para 1629 euros; e de aí em diante... é sempre a somar: a versão com 16GB e 1.5TB vai para uns nada modestos 3125 euros.

5 comentários:

  1. No meio disto tudo fico sem perceber como é que o macbook (normal) continua a ser mais caro que este novo air. Simplesmente não faz sentido tendo em conta as specs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Foi a mesma coisa quando o MacBook air foi lançado pela primeira vez, era mais caro do que o makbook normal porque tinha novas tecnologias que segundo eles custavam muito. Quando eles retiraram o MacBook normal do mercado puseram o MacBook air a 999 e chamaram entrada de gama. Com este MacBook é o mesmo no início é caro porque teve muitas inovações (para o bem e para o mal ) mas agira com o lançamento do air penso que o vão colocar com um preço ligeiramente inferior como uma versão um pouco mais pequena no air de 13.

      Eliminar
    3. Spec-wise, até faz!
      A questão é que o Air sempre teve um CPU (muito) mais lento que o PRO e continua a ter.
      Eu tenho um Air de 2013, e um PRO do mesmo ano tinha o dobro de base clock. Basicamente o meu em single-thread é tão rápido como um Pro a correr duas threads - o que vai acontecer nos novos.

      O Pro sempre foi melhor construído que o Air. Não que este seja mau, mas é um facto! Provavelmente o Pro continua a ser mais robusto.

      A única coisa que fez optar pelo Air, foi a diferença de autonomia que existia na altura, e o peso. Hoje, dos dois, comprava o Pro.

      Eliminar
  2. Depende. com 256GB (128GB acho pouco)
    - O novo MacBook Air custa 1.629 € (13")
    - O MacBook custa 1 .549,00 € (12")
    - O MacBooK Pro custa 1.799,00 € (13")

    ResponderEliminar

[pub]