2018/10/07

Grupo Renault aproveita baterias de veículos eléctricos para armazenamento de energia


O Grupo Renault anunciou o lançamento do Advanced Battery Storage, uma solução de armazenamento estacionário de energia que se baseia, exclusivamente, em baterias de automóveis eléctricos.

Este dispositivo que permitirá aproveitar as baterias que forem sendo recuperadas de veículos eléctricos, será capaz de armazenar pelo menos 60 MWh, o que o tornará no maior do género em toda a Europa. As primeiras instalações serão realizadas no início de 2019 em três zonas: nas fábricas da Renault de Douai e Cléon (ambas em França) e numa antiga fábrica de carvão na Renânia do Norte Westphalia (Alemanha). A capacidade de armazenamento será, progressivamente, aumentada até incluir 2.000 baterias de automóveis eléctricos, onde atingirá – mas provavelmente ultrapassará – o valor de 60 MWh, o equivalente ao consumo diário de uma cidade com 5.000 habitações.

O objectivo deste dispositivo é o de gerir as diferenças entre o consumo e a capacidade de produção de electricidade num determinado instante, de forma a aumentar a quota das energias renováveis no mix energético, através da manutenção do equilíbrio entre a oferta e a procura da rede eléctrica, quando as diferentes fontes de produção não têm capacidades constantes.

Qualquer desvio entre o consumo e a capacidade de produção pode comprometer a estabilidade da frequência da electricidade doméstica (50 Hz). Através da sua contribuição ao equilíbrio da rede, o armazenamento estacionário permite reforçar a atractividade económica da produção energética, através de fontes com baixas emissões de carbono.

O armazenamento será feito a partir de baterias de veículos eléctricos que são acondicionadas em contentores e recorrendo, primordialmente, a baterias de segunda vida. Ou seja, que foram já utilizadas em veículos eléctricos.

1 comentário:

  1. Excelente ideia e que terá certamente um impacto no valor das baterias novas.

    ResponderEliminar

[pub]