2018/11/15

Raspberry Pi 3 A+ corta no tamanho e no preço


A família Raspberry Pi ganha um novo modelo, que vem com muitas das melhorias trazidas pelo 3 Model B+, mas em tamanho mais compacto e preço mais reduzido.

O novo Raspberry Pi 3 A+ chega com um preço oficial de $25, sendo que as principais características são um tamanho físico mais reduzido (65x65mm - o tamanho dos módulos "HAT"), e a inclusão de muitas das coisas que temos no 3 B+, incluindo WiFi 802.11ac dual-band, BT 4.2/BLE. No campo das novidades, temos a estreia de um CPU quad-core a 1.4GHz. Infelizmente, entre as coisas que foram cortadas, temos a ausência de uma ficha Ethernet, apenas uma ficha USB-A e, talvez mais crítico, a memória RAM foi reduzida de 1GB para 512MB.

Será este último aspecto o mais penalizador, pois os 512MB poderão revelar-se insuficientes para que este 3 A+ possa executar o mesmo tipo de tarefas que se têm no 3 B+; e neste caso não havendo nada que se possa fazer para o compensar (ao contrário das portas em falta, que se podem resolver com um hub USB ou adaptadores.

Mas pronto, há que dar o devido crédito por não se limitarem a lançar sempre modelos "melhores" e mais caros; apostando no lançamento de produtos que são mais baratos e permitirão a entrada em mercados onde os $10 de diferença podem fazer toda a diferença.


Fiquem com o vídeo de lançamento, em estilo "TV Shop"! :)

5 comentários:

  1. "...512GB poderão revelar-se insuficientes para que este 3 A+..."
    512Gb de RAM é insuficiente?

    ResponderEliminar
  2. provavelmente em resposta à concorrência. As caracteristicas muito similares ao Orange Pi Lite 2. Até mais fraco mas com a grande diferença da excelente e gigante comunidade que suportam o desenvolvimento do Raspberry Pi.

    http://www.orangepi.org/Orange%20Pi%20Lite%202/

    ResponderEliminar
  3. Pois, se não fosse a redução na memoria o resto não me fazia diferença para a minha utilização actual. Assim não sei se vale a diferença de preço.

    ResponderEliminar
  4. Quanto mais memoria melhor, mas penso que não faz grande diferença para o conceito "maker" onde esta board possa ser utilizada.

    Gostaria de saber já é que diferenças a nível de consumo entre o B+ para uma alimentação a baterias. Este pode ser uma grande adição porque é o primeiro modelo quad-core da fundação.

    ResponderEliminar

[pub]