2018/12/10

Apple expande promoções do iPhone XR a todos os meios a que tem acesso


A Apple pode dizer que as vendas do iPhone XR são as melhores de sempre, ignorando os relatos externos de que as vendas de todos os iPhones estão abaixo do esperado, mas não consegue esconder um recurso a publicidade mais agressiva que, para alguns fãs da marca, parecem indicar algum "desespero".

Para além de ter disponibilizado um programa de retoma para a compra dos iPhone XR, a Apple tem feito todos os esforços para garantir que a mensagem chega a todo o lado, incluindo a canais que tradicionalmente eram dedicados a fins mais educativos e que não continham publicidade, como os ecrãs nos Genius Bar das suas lojas Apple Store, os seus canais sociais, notificações via app Apple Store e até através dos ecrãs Today at Apple que normalmente se limitavam a exibir informação sobre as sessões em cada loja.


Se por um lado a Apple está no seu direito de usar todos os meios à sua disposição para transmitir as mensagens que bem entender, por outro lado, a forma como o faz não deixará de passar uma imagem para o exterior que poderá não ser exactamente aquela que seria pretendida. Neste caso, este reforço da promoção no "desconto" dos iPhones XR não tem passado despercebido aos fãs, e a sensação com que ficam é de que a Apple parece estar bastante preocupada, ao ponto de estar disposta a aumentar o nível de agressividade na forma como faz publicidade.

Será talvez este o rosto de uma nova Apple, que terá que aprender a viver num mundo onde as vendas dos smartphones estão em declínio após quase uma década de euforia. Talvez seja o momento ideal para a Apple expandir o seu plano de "subscrição" de iPhones, em que se vai pagando uma mensalidade e se tem direito a trocar de iPhone todos os anos (ou não o fazer e ficar com o iPhone que se sem ao fim de dois anos)?

1 comentário:

  1. Sinais sem dúvida de declínio de vendas de smartphones no geral mas acima de tudo penso que os consumidores começam a perceber que há equipamentos a custar metade do preço e que fazem tudo o que os mais "premium" fazem (quer seja Apple ou outras marcas entenda-se).
    Telefones como o pocophone são o exemplo disso, com performance de top de gama e até com câmara que para a maioria dos mortais que publica fotos em redes sociais e partilha com amigos é mais que suficiente (senão melhor)

    ResponderEliminar

[pub]