2018/12/14

Lâmpadas Philips Hue já guardam estado após falha de electricidade


Tal como tinha sido prometido, as Philips Hue acabam de resolver aquele que seria o seu maior problema, o de não manterem o estado após uma falha de energia.

O sistema Hue da Philips é um dos mais conhecidos na área das lâmpadas inteligentes, mas - para além do seu preço - havia um pequeno detalhe que se tornava incomodativo em diversos cenários. Para manterem a compatibilidade com os interruptores físicos tradicionais, sempre que uma lâmpada se ligava ao receber electricidade, passava ao estado de iluminação máxima (como de resto se espera que uma lâmpada faça ao se ligar um interruptor).

O grande inconveniente deste sistema acontece quando se utiliza a lâmpada num quarto, desligando-se "digitalmente" através da app (que poderá estar inserido numa rotina de "ir para cama"). Neste caso, se houvesse uma falha de electricidade durante a noite, ao regressar a electricidade a lâmpada reagiria tal como se estivesse a ser ligada no interruptor físico, acendo-se no máximo - nada agradável para quem estiver a dormir.

Há alguns meses a Philips disse estar a trabalhar numa solução, e depois de uma fase beta, chega agora a todos os utilizadores.


Os utilizadores podem encontrar nas definições da app Philips Hue uma nova secção dedicada ao "Comportamento de activação", que permite seleccionar entre o comportamento tradicional ou a manutenção do último estado em que a lâmpada estava.

Quer isto dizer que, se a lâmpada estivesse desligada digitalmente, se falhar a electricidade e regressar, a lâmpada permanecerá desligada.

... Se estão a pensar que isto impediria ligá-las manualmente no interruptor, isso não ficou esquecido. Embora da primeira vez a lâmpada não ligue (mantendo o estado "apagada"), se voltarem a desligar e ligar num curto espaço de tempo ela ligar-se-á; respondendo a um comportamento que será natural e intuitivo - o célebre desliga e volta a ligar.

Com isto, as Hue passam a poder ser usadas em quartos e outros locais onde fosse problemático ficarem ligadas no máximo após uma falha de energia. Fica apenas a faltar a opção para que ficassem desligadas (em vez de ligadas, ou do último estado) - para aqueles casos em que a electricidade faltar enquanto elas estavam ligadas, e podendo regressar apenas horas mais tarde, embora isso deva ser um caso pouco frequente hoje em dia.

1 comentário:

[pub]