2018/12/17

Samsung Galaxy Fold dobrável vai custar entre 1600 a 1800 euros?


O início de 2019 vai dar-nos a conhecer o há muito prometido smartphone com ecrã flexível da Samsung, mas segundo as estimativas feitas por uma empresa, o seu preço será bastante "inflexível".

A empresa CCS-CIMB Research fez uma investigação para determinar o custo de produção deste Galaxy Fold (nome ainda não confirmado), e o resultado é um dos mais dispendiosos smartphones de sempre - como aliás já seria de imaginar para um modelo que vai estrear tecnologia ainda incomum, como é o caso do seu ecrã flexível dobrável.


Este relatório aponta para que o Galaxy F tenha um custo de produção de 636 dólares (para referência, um Galaxy S9 tem um custo de apenas 375 dólares), com a grande diferença de preço a ser justificada pelo ecrã dobrável (que passa de 79 dólares para quase 219 dólares), e toda a parte mecânica do sistema de dobragem. Adicionando-se uma margem de lucro de 65% condizente com um modelo "de luxo", isto atira o valor final para os 1800 dólares, que por cá se deverá traduzir num valor entre 1600 e 1800 euros.

Esta investigação diz que, para além do ecrã dobrável de 7.3" com 2152x1536 pixeis, este Galaxy Fold virá com uma capacidade de 5000 a 6000mah (que estará repartida por duas baterias, em cada metade dobrável), um Exynos 9820 (Snapdragon 8150 nos EUA), câmara dupla traseira de 12MP, e câmara frontal de 8MP.

Deveremos ficar a conhecê-lo por altura do MWC em Barcelona em Fevereiro, ou até alguns detalhes no CES no início do ano.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]