2019/02/16

Chrome vai dificultar detecção de modo incógnito


O modo incógnito do Chrome é uma forma simples e prática de se navegar com maior privacidade, e em breve os sites deixarão de poder discriminar contra a utilização deste modo.

Quando se utiliza o modo incógnito do Chrome é como se se estivesse a usar um browser "acabado de instalar", sem cookies ou histórico que revelem que sites já visitamos, etc. etc. É uma excelente mais valia para os utilizadores, que muitas vezes também a ele recorrem para contornar as restrições de certos sites - como aqueles que apenas permitem a leitura de "x" notícias (e que, se visitados em modo incógnito, não têm forma de saber quantas notícias esse visitante já leu). Em resultado disso, vários sites começaram a detectar e impedir as visitas em modo incógnito, ao ponto da Google ter considerado que era tempo de fazer algo quanto a isso.

O Chrome vai eliminar uma das formas mais comuns que os sites utilizam para detectar se está em modo incógnito. Isso tem sido feito através da tentativa de utilização de uma API que permite aos sites criarem ficheiros locais, e que não está disponível quando se está em modo incógnito - com os sites a usarem essa recusa como indicador disso mesmo. Nas próximas versões, o Chrome permitirá criar esses ficheiros virtualmente em memória, para que não fiquem rastos no disco, mas que para efeitos dos sites, será indistinguível de se estar a utilizar o Chrome em modo normal.

A utilização desta API de ficheiros é bastante reduzida (na prática parece estar a ser utilizada apenas para detectar o modo incógnito), pelo que a Google espera que eventualmente seja possível removê-la por completo.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]