2019/02/02

Curiosity usa gravidade para medir densidade das rochas


Cientistas utilizaram os acelerómetros a bordo do rover Curiosity para inferir a densidade das camadas rochosas em Marte.

É impressionante como muitas vezes se podem utilizar sensores e informação de forma que vai para além do seu propósito inicial, e foi precisamente isso que foi feito com os dados recolhidos pelo Curiosity em Marte. O Curiosity está equipado com acelerómetros, idênticos aos que temos nos nossos smartphones e permitem detectar a sua orientação e movimento. Quando se está parado, estes sensores medem a força da gravidade, e foi precisamente através dessas leituras que os cientistas conseguiram determinar a densidade das rochas marcianas.

Usando os dados recolhidos ao longo dos anos, os cientistas conseguiram determinar as subtis diferenças gravíticas ao subirem o sopé de uma montanha em Marte, e com isso chegaram à conclusão de que as camadas rochosas tinham afinal uma densidade muito inferior à que tinham previsto, o que indica que o processo geológico da sua criação foi diferente daquele que imaginavam.

Dá que pensar que mais informação poderá ser "destilada" a partir das montanhas de informação recolhida ao longo dos anos pelo Curiosity, potencialmente podendo responder a perguntas que ainda nem sequer foram colocadas. :)

1 comentário:

[pub]