2019/03/11

Análise à Wetek Air

A Wetek é uma marca nacional que tem conquistado mercado no concorrido segmento das box Android, e o nosso Luis Costa conta-nos como foi a sua experiência com a Wetek Air.


A Wetek


A Wetek é uma marca com créditos firmados no mercado, tanto a nível nacional como internacional, e temos tido o privilégio de acompanhar a evolução da marca ao longo dois últimos anos, sendo por isso interessante analisar o seu percurso no mundo das box Android.

A Wetek Play (2014) foi o primeiro produto a chegar ao mercado e desde logo se destacou pela qualidade dos acabamentos, bem diferente daquilo que era habitual na armada de box chinesas low cost (onde o preço era o grande argumento de venda). Além do Android, tinha a particularidade de também poder correr OpenELEC, o que permitia aumentar a versatilidade da box. Seguiu-se a Wetek Core (2015) que, ao contrário da Play, não suportava a instalação de um sintonizador, mas graças ao upgrade de hardware constituía-se como um equipamento indicado para reproduzir conteúdos multimédia. Em 2016, a Wetek apostou forte, com o lançamento de três novas boxes: Wetek Play 2, Wetek Play 2S e a Wetek Hub, embora só duas delas tenham sido disponibilizadas no nosso país.

A Wetek Play 2 era a sucessora natural da Play, apresentando a mesma qualidade nos acabamentos e um conjunto de acessórios melhorado. O comando sofreu uma alteração, deixando de disponibilizar a função "air mouse" algo que na altura já apontava para o rumo que a marca pretendida seguir, apostando numa interface navegável com as teclas de direcção (cima/baixo/direita/esquerda). A Wetek Hub foi pensada para substituir a Wetek Core. Era o tipo de equipamento que facilmente conseguia captar a atenção do consumidor, fruto das dimensões compactas que oferecia. O suporte para conteúdos H265 e uma interface renovada (também utilizada na Wetek Play 2), eram outros dos trunfos deste equipamento.

Foi preciso esperar por 2019, para ficar a conhecer a nova box da Wetek, que mais uma vez aposta num modelo que permite (opcionalmente) utilizar um sintonizador, para visualização de conteúdos via cabo, digital ou satélite.

A Wetek Air



A qualidade do empacotamento continua a ser um dos destaques nos produtos da Wetek. A box surge protegida por uma secção de espuma, com a tampa da caixa a abrir para trás. No período de pré-venda, a marca disponibilizou 400 box numeradas, com cada uma delas a fazer-se acompanhar de um cartão de boas vindas, assinado pelo CEO da empresa.



Num segundo plano, por baixo da box, encontramos os acessórios, também eles devidamente empacotados e devidamente alojados, noutra secção de espuma.


Dentro da caixa do produto, vão encontrar a box, o comando (infelizmente sem a funcionalidade "air mouse"), um cabo HDMI e o carregador, que se apresenta com duas tomadas, a nacional e utilizada no Reino Unido.


Mais uma vez, houve uma atenção aos detalhes, com os cabos a apresentarem o logótipo da marca e uma banda de aperto, também ela com a designação da marca. São pequenos pormenores que elevam a imagem de qualidade do produto, tornando o primeiro contacto muito agradável.



Uma referência ainda para o carregador. A ficha que liga à tomada é removível, com a marca a fornecer dois tipos de fichas. Não sendo algo que se utilize todos os dias, pode dar jeito se levarem a box para outro país (neste caso, Reino Unido).


A box é também ela um exemplo de bom design, com uma linha em azul (vá, podia ser vermelha :) ) a separar duas secções, uma delas perfurada para melhor ventilação do equipamento, visto este não incluir qualquer elemento activo para dissipação do calor.



Na frente apenas o botão de power, com a já referida linha a dividir as duas áreas.



À esquerda, um slot para instalação de um cartão microSD, algo que poderá ser útil para expandir o armazenamento uma que é algo limitado. De salientar que a instalação do cartão pode oferecer alguma dificuldade, senso necessário pressionar o mesmo até que este esteja totalmente no interior da box.



O lado direito não apresenta ligações, sendo perfurado (tal como o esquerdo) para melhorar a circulação de ar no equipamento.



A parte inferior, também ela perfurada, tem dois apoios com borracha para dar estabilidade e aderência à box.



A traseira é o centro de todas as ligações. Da direita para a esquerda, temos a entrada para a alimentação, porta HDMI, saída de som óptica, porta de rede, duas portas USB 2.0 e um slot para instalar o sintonizador (opcional).


Em utilização



Comecemos pelo comando, o elo de ligação à consola. É através deste acessório que vamos controlar a Wetek Air. Tem um formato bastante ergonómico, ajustando-se perfeitamente à mão.



O polegar fica logo por cima do botão central, que se encontra dentro de um circulo que alberga as teclas de cursor (cima/baixo/esquerda/direita). Toda a navegação é feita com recurso a estas quatro teclas, com o botão central a materializar a acção pretendida.


Para o bem e para o mal, é com este comando que temos interagir com a box. Se utilizarmos a Wetek Air apenas para visualização de conteúdos multimédia, toda a interface do Android TV, como a aplicação WeTV, estão devidamente preparadas para disponibilizar uma navegação rápida e muito simples de utilizar. Outro aspecto a ter em conta, é o facto de o comando não disponibilizar a funcionalidade "air mouse", o que em determinadas situações, vai dificultar a utilização da box. Se estiverem a considerar utilizar aplicações que necessitem deste sistema de navegação, o mais recomendável será optar pela utilização de um segundo comando.


Android TV - conteúdos à distancia de dois clicks



O próprio Google Play está adaptado à navegação com o cursor e a possibilidade de utilizar o reconhecimento de voz (em Português!) para introduzir os termos a pesquisar, torna tudo muito mais simples.

No entanto, não é preciso sair do Google Play para que os problemas se comecem a fazer notar. A lista de jogos e aplicações Android TV disponíveis é bastante limitada (face às apps Android "normais"), o que dificulta a vida a quem pretender instalar algumas das suas apps favoritas. A solução pode passar pela instalação das apps por métodos alternativos.

Quem assim pretender, pode utilizar um programa como o Apk Extractor para exportar as aplicações do smartphone ou tablet para um cartão SD. Com o gestor de ficheiros, acedem ao cartão SD, instalam as apps desejadas e resolvem a primeira parte do problema.

A grande maioria das apps instaladas desta forma não vai ficar disponível na interface do Android TV. Para acederem às mesmas, terão de ir às Definições-Apps-Apps instaladas e abrir a app desejada. Pouco prático, mas melhor que não ter essa possibilidade.


Quem pretender ficar com a vida um pouco mais facilitada, pode seguir as sugestões que apresentámos num artigo dedicado a este tema. Instalando a App SideLoad passam a contar com uma forma simples e prática para aceder às aplicações que não forem apresentadas no menu do Android TV.


O gestor de ficheiros Total Commander não aparece como sendo compatível com o Android TV, pelo que teve de ser instalado manualmente. Curiosamente, após instalado, aparece no menu das aplicações, algo que não acontece com outras aplicações que foram instaladas da mesma forma.


WeTV - um exemplo a seguir pelos operadores


Tendo em conta que este é um equipamento vocacionado para a visualização de conteúdos multimédia, a Wetek disponibiliza uma aplicação que integra vários serviços, como são o caso do IPTV e TV por Satélite/Cabo.


Para adicionarem novos canais, basta seguirem o guia que a marca disponibiliza no seu site, o qual explica passo a passo, as acções que terão de levar a cabo para executar esta tarefa. Não que a mesma seja complicada, apenas fica mais simples com esta ajuda.



A interface da aplicação WeTV é simples e prática de utilizar, estando muito bem conseguida em termos gráficos. À esquerda temos a lista de fontes de conteúdos, à direita as configurações. Tudo mais uma vez acessível com as teclas de cursor do comando.

Comparando esta interface com a disponibilizada nas box dos operadores, ficamos mais uma vez com a confirmação que os nossos operadores apostam em produtos da "idade da pedra", lentos, complicados de utilizar. É uma situação que já não é nova, basta olhar para as skins do Kodi para concluir exactamente a mesma coisa, o que acaba pode levantar a questão: quando é que vamos ter os operadores a apostarem numa interface mais simples, rápida e intuitiva?

A Wetek Air está preparada para reproduzir um alargado conjunto de conteúdos, suportando resoluções até 4K (60fps). Em termos de codecs, podem contar com MPEG2, MPEG4, RMVB, H.264, H.265, audio DTS e AC3 Dolby Digital 5.1, com a funcionalidade passthrough a poder ser via HDMI e Digital Optica, o que será por certo bem-vindo para quem utilizar um amplificador. A reprodução de conteúdos 4K no Youtube não ofereceu problemas, tanto via WiFi, como via Ethernet. Apenas se detectaram alguns atrasos com ficheiros H265 de elevado bitrate, algo de resto também acontece em outros equipamentos, como as SmartTV e a Mi Box da Xiaomi.

A (actual) grande lacuna desta Wetek Air está na ausência do suporte para as apps Netflix e Amazon Prime Video. Se a segundo ainda não tem grande peso no nosso país, o mesmo não se pode dizer da primeira. Contactámos a marca no sentido de esclarecer esta situação. Foi-nos comunicado que está em curso o processo de certificação junto das duas entidades, não havendo contudo uma data prevista para a disponibilização dos serviços Netflix e Amazon Prime Video na Wetek Air.


Apreciação final



A Wetek Air é a evolução natural da Wetek Play 2, apresentando-se com hardware e software renovado. A marca continua a manter-se fiel à sua política, preferindo apostar nos materiais, qualidade de construção e software, ao invés de enveredar por gigas de memória e Ghz no CPU que depois acabam por ficar limitados por uma má experiência de utilização.

O Android TV já está num estado de evolução que permite utilizar a box com apenas as teclas de cursor e o reconhecimento de voz acaba por ser um excelente complemento. Se necessitarem de utilizar um air mouse ou teclado, basta recorrer a uma das portas USB e ficam com a questão resolvida. A WeTV é um exemplo daquilo que os operadores poderiam/deveriam disponibilizar nos seus serviços de TV. Quem sabe se um dia não teremos as box Wetek a ser distribuídas pela MEO, Vodafone ou NOS.

Estamos na presença de um produto de grande qualidade, que acaba por ver a sua avaliação prejudicada pelo facto de ainda não disponibilizar suporte para os serviços Neflix e Amazon Prime. É certo que o utilizador tem sempre alternativas como o Youtube (4K) e a reprodução de conteúdos locais com aplicações como o Kodi ou VLC, mas esta lacuna é imperdoável. Por esta razão e nesta altura, não podemos recomendar esta Wetek Air a quem procura uma box para ver os conteúdos destes serviços.

A Wetek Air acaba assim por sair desta análise com "apenas" um distinto quente, esperando-se naturalmente que a breve prazo possa ver resolvidas as questões de certificação que estão em curso. A box está disponível online, com um preço de 119€ para a versão sem sintonizador e 129€, caso optem por este último instalado de origem.




Wetek Air
Quente


Prós
  • Qualidade dos acabamentos
  • Android TV / WeTV
  • Reconhecimento de voz

Contras
  • Não suporta Netflix nem Amazon Prime Video
  • Instalação do cartão MicroSD



Wetek Air

Quente (4/5)

4 comentários:

  1. Tenho uma primeira Wetek play.
    E só tenho bem a dizer. Apesar de facto limitada a nivel de hardware, uso apenas para streaming youtube e para sintonizador DVB-C que graças a alteração que a NOS recentemente fez me permite ter acesso á maioria dos canais não codificados. Uso com KODI e realmente faz-me repensar cada vez que tenho que voltar a box tradicional da NOS. Robusta e com actualizações frequentes graças ao librelec é uma opção tentadora.

    ResponderEliminar
  2. Boas, adquiri wetek air sem saber das suas limitações (poucas apps android e ausência de certificação Netflix) mas muito influenciado pela possibilidade de acoplar um descodificador dvb- t/c.
    De início fiquei, frustrado por apenas usar iptv, canais do cabo coaxial uns joguinhos e youtube!
    Apenas resolvi o problema da Netflix... add-on no kodi! Funciona sem espinhas,
    Excepto 4k!
    A parte de mais app's pelos vistos são vcs a dar a dica! Vou experimentar e dar ainda mais uso a wetekair.

    Ja que dediquei algum tempo a escrever aqui, obrigado pelo vosso tempo a serem uma optima alternativa informativa do mundo tek... Adoro a rubrica curtas do dia! Sem medos de partilhar algumas das vossas fontes de noticias ou opiniões. Passaram a ser alguns dos meus sites visitados. Good Job and long live Stalman. :D

    ResponderEliminar
  3. Com estes preços (não se percebe porque tão altos, mas enfim), sem:
    - Air mouse,
    - Certificação Netflix e Amazon
    É tratar o "eventual" cliente como um..., não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Air Mouse, depende muito da utilização que se vá dar à box. A própria Google considera que não é necessário...
      Quanto ao Netflix, não há muito a dizer. É uma falha lamentável. Vou testar a dica do comentário anterior, pode servir como "remédio" temporário.

      Eliminar

[pub]