2019/03/13

Windows 10 vai desinstalar actualizações que causem problemas


Depois de muito se ter preocupado em forçar a instalação de actualizações no Windows 10, a Microsoft faz aquilo que deveria ter feito de início, criando um sistema capaz de lidar com os casos de actualizações problemáticas que impeçam o arranque do sistema.

Embora as actualizações sejam, por norma, positivas e bem vindas, a Microsoft tem a seu cargo a responsabilidade de ter feito com que milhões de utilizadores ficassem aterrorizados ao ver o seu computador aplicar automaticamente uma actualização. Foram várias os casos de actualizações que causavam problemas, deixando utilizadores com ficheiros eliminados ou computadores incapazes de arrancar.

Agora, a MS diz que o Windows 10 terá a capacidade de desinstalar automaticamente actualizações problemáticas.


Se o sistema deixar de arrancar e os métodos de recuperação habituais não resultarem, o Windows 10 vai ser capaz de remover automaticamente as actualizações responsáveis por esse comportamento, permitindo que os utilizadores continuem a ter um computador funcional - funcionando mesmo no caso em que tenham sido actualizações aplicadas manualmente.

Só nos faz pensar: mas porque motivo este não foi o tipo de coisa que a MS implementou logo de início, uma vez que se trata de uma possibilidade bem real após qualquer actualização?

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]