2019/04/26

Android rende-se ao "5G E" falsificado da AT&T


Parece que a dimensão da AT&T ainda serve para fazer valer as mentiras, desta vez fazendo com que o seu polémico e falso 5G E tenha sido integrado no código fonte do Android.

Nos EUA a AT&T começou a apresentar a indicação 5G E nos smartphones, não obstante tratar-se de uma rede 4G LTE convencional, dizendo que é para diferenciar entre o 4G "rápido" e o 4G "lento" - embora não explique como é que isso justifica usar a designação 5G, nem como é que o seu suposto 4G "rápido" continue a ser mais lento que o 4G dos operadores concorrentes... que continuam a utilizar a referência 4G.

É pena ver este tipo de prática enganosa ser aceite no Android, que assim passa a contar com este indicador 5G E incluído no sistema, contribuindo para baralhar os consumidores. Já não chegam as fake news na internet, agora temos que suportar "fake 5G" no ecrã dos smartphones? O que acontecerá caso um destes dias um operador decida também lançar uma tecnologia revolucionária de prolongamento de bateria que mostra o estado da bateria sempre a 90% mesmo quando na realidade está a 10%?

Bem... resta-nos esperar que, por conta de tácticas como esta, os utilizadores deixem de dar qualquer valor ao 3G, 4G ou 5G que aparecer no ecrã, e passem a prestar mais atenção às velocidades efectivas que obtêm nos seus smartphones. Que tal?

4 comentários:

  1. Eu e muita gente já ficava contente em simplesmente ter rede suficiente para chamadas e usar a net pelo menos na cidade de Braga, sim é o cúmulo da estupidez em zonas do município não ter rede!

    ResponderEliminar
  2. Já agora a operadora que uso é a nowo que supostamente usa a rede da meo, clientes de outras operadoras queixam-se do mesmo na mesma zona.

    ResponderEliminar
  3. Nem quero acreditar nesta notícia, agora o símbolo'' fake'' e uma marca pelos vistos muito valiosa, parece que quanto mais informação temos mais certas pessoas ficam lerdos.

    ResponderEliminar

[pub]