2019/04/29

HBO volta a falhar no Game of Thrones


A HBO Portugal continua a falhar na promessa de dar aos fãs portugueses o acesso em directo aos episódios da última temporada de Game of Thrones, sendo que neste terceiro episódio a desculpa foi a de que se tratou de um "reforço nas medidas de segurança".

No episódio de estreia o serviço de streaming HBO Portugal não foi capaz de aguentar com todos os clientes que queriam ver o Game of Thrones. Neste terceiro episódio as coisas ficam um pouco mais conturbadas, já que surge uma desculpa pouco clara de que o episódio teria um atraso de 20 minutos a 1 hora, devido a medidas de segurança.


O que é certo é que não fica fácil de aceitar que o serviço de streaming oficial do Game of Thrones não seja capaz de fornecer aquilo que, durante tanto tempo, andou a prometer (ter acesso aos episódios de Game of Thrones em simultâneo com o seu lançamento nos EUA). E, pior ainda, que isso esteja a ser feito, sem incidentes, por outro canal (SyFy).

Mesmo que se considere que há uma percentagem reduzida de fãs que está disposta a ver os episódios às 2 da manhã, não será de bom tom a HBO estar a angustiar aqueles que deveria considerar os seus mais valiosos clientes. Esperemos que para o quarto episódio não sejam necessárias mais desculpas. (E já agora... que tal melhorarem a qualidade do stream? É que, se falham na hora de lançamento, ao menos que compensem com a disponibilização da série em 4K HDR; sempre seria uma forma de mostrar que se preocupam com os fãs - e clientes.)

7 comentários:

  1. Aqui na Suíça, o GoT da no canal público RTS. Deu a mesma hora que da no HBO

    ResponderEliminar
  2. Nós cá temos o canal SyFy, que dá à mesma hora que nos EUA. O serviço de streaming da HBO é que voltou a falhar...

    ResponderEliminar
  3. E a qualidade de streaming da HBO Portugal e só de 1080p, melhorem a qualidade SFF.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 1080p é uma resolução, não a qualidade do vídeo.
      A série sai em algum lado com mais resolução?

      Eliminar
  4. E o som stereo também já podia ter sido substituído no mínimo por 5.1.

    ResponderEliminar

[pub]