2019/05/19

Autopilot da Tesla vê "estrada livre" por baixo de camiões


Parece estar detectado o motivo para o mais recente acidente fatal com um Tesla Model 3 em Autopilot, que passou por baixo de um camião tal como noutro acidente de 2016. O Autopilot da Tesla considera que o espaço por trás do camião continua a ser estrada livre.

Se no primeiro acidente a Tesla tinha dado a desculpa de que o Autopilot não tinha detectado o camião devido a ter um reboque branco que não era bem visível face às condições atmosféricas no momento do incidente, desta vez não há essa desculpa, e não faltaram condutores a dizer que este tipo de comportamento (de querer prosseguir pela estrada, como se um camião atravessado não existisse) é recorrente, como registado no caso que se segue.



Inicialmente pensava-se que o Autopilot estaria a detectar o reboque de um camião atravessado na estrada como sendo um viaduto, mas afinal não é isso que se passa. O Autopilot está a detectar correctamente que se trata de um camião; o problema é que mesmo assim continua a detectar o troço de estrada por baixo dele como sendo uma área transitável, ignorando por completo que a reduzida altura irá tornar o Tesla num modelo "descapotável" com péssimo resultado para o condutor e ocupantes. Algo que pode ser visto pelo troço pintado a verde por baixo do camião.

Parece-me ser extremamente grave que, mesmo depois de um incidente fatal em 2016, a Tesla não tenha implementado as alterações necessárias (sendo que actualmente é um sistema Autopilot completamente diferente, mais evoluído e feito de raiz pela Tesla) - ainda mais num caso que será tão simples quanto dizer: não se pode conduzir através de outros veículos! Uma regra simples que poderia ter evitado esta morte.

O único ponto positivo para os possuidores de Tesla Europeus é que por cá os camiões são obrigados a ter as "saias" de protecção, que impediriam que esta situação acontecesse. Mas, por outro lado, o Autopilot na Europa está a ser restringido cada vez mais, pelo que, na prática, pouco mais fará que o seguimento de via e cruise control adaptativo.

2 comentários:

  1. Suponho que esse problema não existiria se tivesse outro tipo de sensores para além das câmaras, como o LIDAR, certo? Eu sou a favor de carros autónomos mas feitos como deve ser. Acho que muitas das empresas da área estão a cortar na segurança por motivos economicistas e têm também revelado uma incrível falta de responsabilidade quando decidem colocar estes carros na estrada, algo que se pode ver por este artigo da Gizmodo (https://gizmodo.com/the-deadly-recklessness-of-the-self-driving-car-industr-1831027948)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na apresentação Tesla Autonomy Day parece-me ter ficado claro que o LIDAR não é necessário. Tal como o humano reconhece os objectos e perigos associados sem um LIDAR, também o software, por IA, irá reconhecer os camiões e travar se necessário. Há é um trabalho por trás, que pelos vistos ainda tem de ser feito pela equipa de IA, de "ensinar" o carro a reconhecer o camião atravessado, e a considerar o mesmo como perigo, levando à paragem do carro.

      Eliminar

[pub]