2019/05/09

Bancos querem cobrar pelos levantamentos Multibanco


Não contentes com a cobrança das comissões de conta e da anuidade dos cartões, os bancos avançam com novo "choradinho" a pedir comissões pelos levantamentos e utilização do Multibanco.

Comecemos pelos factos mais importantes: esta não é a primeira vez que os bancos tentam aplicar comissões de levantamento nos terminais Multibanco, sendo algo que actualmente a lei não permite. O facto do Multibanco continuar a existir (e florescer) após tantos anos de existência é, por si mesmo, prova efectiva de que o serviço é sustentável e rentável.

Os bancos queixam-se que ficam em desvantagem face ao que acontece na maioria dos restantes países europeus, onde por norma os clientes bancários têm que pagar comissões pelos levantamentos, a não ser que utilizem caixas do seu próprio banco. Parecem é esquecer-se que, ao terem apostado no Multibanco, estão a poupar milhões por não necessitarem instalar caixas por todo o país. É também ridículo que os nossos bancos venham falar de "injustiças", quando durante anos continuaram - e ainda continuam, em menor grau - a não explicar porque motivo uma transferência electrónica tem que demorar um dia ou mais a ser completada; ou que se tenha que pagar €1 ou mais para a fazer via internet; ou que tenham sido necessárias imposições europeias para que finalmente se comece a modernizar a interoperação de serviços.


Fica também esquecido quantos funcionários os bancos dispensaram por conta das caixas MB, já que as operações de depósitos e levantamentos - em tempos feitos aos balcões e obrigando a tê-los bem apetrechados de colaboradores. E por fim, também não explicam o contra-senso de quererem cobrar pela comodidade de utilização do MB numa altura em que cada vez mais serviços digitais na área da banca e pagamentos vão aliciando clientes com os seus próprios serviços gratuitos (PayPal, Revolut, N26, só para referir alguns).

O Multibanco está longe de ser um serviço gratuito. Os clientes pagam pelos cartões, os comerciantes pagam (e bem) para ter as máquinas e por todas as transacções efectuadas - pelo que, sempre que cada cliente está a dar uso ao cartão, está a contribuir para que se mantenha em funcionamento. Querer cobrar ainda mais pela utilização do MB ou pelo levantamento do dinheiro demonstra apenas o nível de ganância de alguns bancos. Nada como pensar muito seriamente em mudarem-se para bancos que ainda não tenham chegado a esse ponto, para que talvez eles possam sentir na pele as consequências das suas atitudes.


De resto, basta espreitar as filas que se geram nas rotas para escapar aos pórticos de pagamento nas ex-SCUTs para se ficar com uma ideia do que os portugueses estão dispostos a fazer quando se sentem roubados, mesmo que seja por uns poucos cêntimos de cada vez. De certeza que os bancos querem arriscar perder os depósitos dos ordenados das empresas, e terem que reforçar o pessoal para lidarem com o afluxo de clientes a fazerem depósitos e levantamentos de dinheiro ao balcão? É mesmo esse o caminho que querem seguir quando, empresas como a Apple e Google vão continuando a avançar com sistemas de pagamentos "simplex"? Enquanto os bancos continuarem a dar lucro para pagarem milhões de euros de prémio aos seus gestores, a verdadeira injustiça é virem com esta conversa de que temos que pagar para levantar dinheiro. (Já me chega o meu banco chatear-me repetidamente para que adira a uma modalidade em que tenho que "pagar" para "deixar de pagar".)

13 comentários:

  1. Eu acho muito bem! Agora, só há uma questão, que devolvam todo o dinheiro injectado nos diferentes bancos aos contribuintes. No dinheiro "enterrado" por todos nós, não vi nenhum banqueiro falar...

    ResponderEliminar
  2. Já que comparam com o resto da Europa, que tal também pagar salários conforme o resto da Europa? Só vêm o que lhes convém, obviamente...

    ResponderEliminar
  3. Instituições bancárias são o podre da nossa sociedade, não produzem nada, vivem á custa do dinheiro dos clientes, autênticos agiotas, ladrões de colarinho branco, já chega de ser chulados por gente como esta que vive do trabalho dos outros, temos o exemplo do Salgado, querem mais?

    ResponderEliminar
  4. Esta banca que tanto se orgulhava de ser moderna só tem mostrado o oposto, esta tentativa de cobrar pelos levantamentos é uma autêntica vergonha, venha o Google pay e outras entidades que facilitem os pagamentos sem taxas nem taxinhas, este modelo de banca já era, modernizem-se e deixem de seguir o caminho mais fácil e directo, o de honerar os seus clientes, houve uma altura que ainda me preocupei acerca da nacionalidade dos bancos que operam em território nacional, agora não quero saber, o se modernizam ou dão o lugar a outros, vou estar muito atento aos desenvolvimentos deste tema e tomarei as devidas medidas na altura certa.

    ResponderEliminar
  5. O irónico é que a argumentação deles "Se há uma prestação de serviço, ele tem de ser pago" no limite até se pode virar contra os ditos.
    Posso argumentar que eu estou a prestar um serviço aos bancos (p. ex. quando no MB faço uma transferência que deveriam ser eles a fazer) e por esse serviço exigir ser ressarcido.

    ResponderEliminar
  6. A EU vai proibir as taxas sobre pagamentos e levantamentos entre todos os estados membros, é menos uma receita para os bancos por isso alguns já pensam nunca alternativa.

    ResponderEliminar
  7. Acho que sim, continuem a empurrar o pessoal para a moeda virtual descentralizada (ou outras alternativas) e depois queixem-se.

    ResponderEliminar
  8. cambada de xulos, há anos que tentam fazer isso nao basta roubarem a forca toda e depois ser o contribuinte a tapar buraco, os banqueiros sao a escoria da terra

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Por princípio sou favorável ao conceito de que se prestam um serviço devem receber por ele.
    Mas os milhões que poupam em ordenados para funcionários, em instalações (cada vez existem menos instalações em algumas áreas já não existe nenhuma instituição bancária), e ainda o facto de ao longo das últimas décadas alguns bancos terem andado a comprar vários outros e com isso a reduzir enormemente a concorrência, parece-me um benefício demasiado elevado para os bancos para conseguir ter pena deles... tem lucros de milhões mas tudo não lhes chega! E sempre que começam a emprestar o que não é deles mas dos seus clientes à parva e corre mal, lá vem o zé povinho pagar tudo e nenhum de tais gestores é preso e colocado o resto da vida a trabalhar para pagar todos os prejuízos... é o descaramento total.

    ResponderEliminar
  11. Eu li que no ano de 2018 foram feitos 347 milhões de levantamentos, se eles querem 5 euros por cada levantamento que não seja feito nas suas próprias caixas.
    mesmo que só metade desses 437milhoes de levantamentos, imaginem so o que eles iam ganhar.

    ResponderEliminar
  12. Deixei de ter dinheiro no banco desde que percebi que este desaparece sozinho. Agora invisto tudo, em terrenos e casas...

    ResponderEliminar

[pub]