2019/05/21

Facebook alicia operadores de telecomunicações com dados sobre os seus clientes


Para melhorar as relações com os operadores de telecomunicações, o Facebook tem estado a utilizar uma oferta irresistível: dados mais detalhados sobre os seus clientes.

Enquanto os olhares se focam sobre o Facebook a nível dos abusos de privacidade e tudo aquilo que ele vai recolhendo sobre os utilizadores para vender a terceiros, eis que se descobre que a empresa tem também feito aliados entre outras entidades que também têm mantido um olhar bem atento sobre todos mas de forma mais discreta: os operadores de telecomunicações.

Os operadores de telecomunicações são empresas que também têm recolhido um vasto manancial de informação sobre os utilizadores. Ao contrário das empresas na internet, os operadores sabem sempre por onde os utilizadores andam - mesmo que não estejam a aceder à internet -  com quem falam, que sites visitam, e até que apps utilizam. É informação igualmente valiosa e que tem escapado ao escrutínio público (não será por acaso que eles se têm mantido muito caladinhos face a estes casos com o Facebook), mas que seguramente gostariam de complementar com os dados ainda mais detalhados que o Facebook consegue obter... e é precisamente isso que o Facebook lhes tem oferecido.

A alguns parceiros "seleccionados", o Facebook disponibiliza toda uma gama de dados detalhados que permitem aos operadores completar o perfil dos seus clientes. Se equiparamos os dados habitualmente recolhidos pelos operadores a espiar alguém a partir de um satélite em órbita, os dados fornecidos pelo Facebook podem ser o equivalente a contratar um investigador privado para saber exactamente o que fazem.

Nos EUA têm havido grandes discussões a nível do que os operadores podem fazer com os dados de localização dos seus clientes (uns dizendo que os vendem, outros prometendo deixar de os vender, e outros dizendo que "não mais sim"). Será importante que o mesmo escrutínio que se tem aplicado ao Facebook seja também expandido aos operadores, e que também fique bem claro que dados estão a compilar sobre nós e de que forma estão a ser usados.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]