2019/07/07

Huawei promete HongmengOS mais rápido que o Android


Enquanto se aguarda para ver se a novela Trump-Huawei chegou ao fim, o fundador da Huawei vai prometendo que o sistema alternativo HongmengOS será mais rápido que o Android e macOS, e mais abrangente que estes, podendo ser utilizado em smartphones, tablets, computadores, routers e até data centers.

Embora seja saudável manter uma dose generosa de cepticismo quanto a promessas feitas por empresas, há que também estar consciente de que não são promessas que estão a ser feitas sem algumas bases de sustentação. Recentemente ficamos a conhecer o compilador Ark da Huawei, capaz de acelerar apps Android em mais de 40%; o que ajuda a perceber que a Huawei também sabe do que está a falar.

A nível da maior versatilidade e velocidade, o HongmengOS parece adoptar uma estrutura de microkernel idêntica à que a Google estará a utilizar no Fuchsia, o que facilitará a sua aplicação a todo o tipo de dispositivos, de routers e switches a smartphones e tablets, a computadores e data centers. E eventualmente até poderemos estar a falar de um real-time OS, já que Ren Zhengfei fez referência a que o sistema teria capacidade de fazer processamento com um atraso máximo de 5ms.

Novamente, até vermos coisas concretas não será produtivo estar a criar demasiadas expectativas sobre o sistema. Mas não deixaria de ser bastante caricato que, na sua tentativa de travarem a Huawei, os EUA tivessem servido de rastilho para que a Huawei criasse uma verdadeira alternativa não só ao Android como também ao Windows e macOS, com o qual dispensarão o software norte-americano, provocando milhares de milhões de dólares de prejuízo aos EUA, e eventualmente até conseguindo conquistar mais alguns países que também começam a ficar fartos das manias selectivas do presidente Trump.

4 comentários:

  1. Vamos ver que surpresas vamos ter, o Mundo precisa de mais concorrência ao nível dos sistemas operativos, embora o que eu gostasse mesmo, era de ver na Europa um movimento semelhante .

    ResponderEliminar
  2. Eu torço pela Trumpalhisse.
    Penso que o resto do mundo só teria a ganhar...

    ResponderEliminar
  3. Também gostava de ver uma empresa portuguesa chegar-se à frente e fazer tudo (dispositivos físicos e sistema operativo) de raiz para deixarmos de estar totalmente dependentes de chineses e malta dos EUA na parte das comunicações.

    ResponderEliminar

[pub]