2019/07/29

SSD M.2 T-Force vem com water cooling duvidoso


O water cooling tem sido uma opção popular entre quem procura o máximo desempenho nos computadores, e a Team Group aposta nisso para promover o seu SSD T-Force Cardea Liquid M.2 PCIe com arrefecimento líquido. O único problema é que é um sistema bastante duvidoso...

Ao contrário do que se poderia imaginar, o SSD T-Force Cardea Liquid não foi concebido para se ligar a um circuito de water cooling (o que, diga-se de passagem, poderia não ser muito prático ou fácil de instalar). Na verdade, trata-se de um SSD M.2 convencional, ao qual foi aplicado um simples bloco de dissipação que contém água. Sistema que, não se sabendo como, será supostamente capaz de baixar as temperaturas até 10ºC segundo a Team Group.


Obviamente que as perguntas são muitas, já que não se percebe como é que um bloco de plástico com água no interior será, por si, suficiente para baixar as temperaturas. A água aquecerá com o SSD em uso, e nem sequer é visível nenhum circuito de dissipação passiva.

De qualquer forma, quem achar piada a ter um pequeno aquário afixado num SSD M.2, poderá satisfazer a sua curiosidade com estes SSD T-Force Cardea Liquid. Estão disponíveis em versões de 256GB, 512GB e 1TB com velocidades de até 3.4GB/s em leitura e 3.0GB/s em escrita.

3 comentários:

  1. Existem placas de dissipação para isso.
    Quem perdeu tempo para lançar este tipo de noticia, devia de apanhar ar para refrescar a mente.....

    ResponderEliminar

[pub]