2019/07/27

Starhopper voa finalmente pela 1ª vez


Depois dos testes falhados, o Starhopper da SpaceX conseguiu finalmente voar sem assistência pela primeira vez, merecendo a alcunha de "tanque de água voador".

Este teste do Starhopper esteve complicado, com a nave a ter ficado inicialmente envolta em chamas durante um teste de disparo do motor, e na primeira tentativa de voo a surgirem novamente chamas inesperadas que ditaram o cancelamento do teste. Mas afinal, a construção em aço revelou a sua resistência, com a nave a escapar incólume em ambas as situações, e conseguindo concretizar finalmente o teste pretendido.



O teste é bastante modesto visualmente, com o Starhopper a elevar-se apenas alguns metros antes de voltar a aterrar, mas torna-se no indispensável primeiro passo que era preciso dar antes de se aventurarem - literalmente - em mais altos voos.




E as boas notícias da SpaceX não se ficam por aqui. Foi também enviada com sucesso mais uma missão de reabastecimento para a ISS que marca a terceira reutilização de uma cápsula Dragon (as próximas duas missões de reabastecimento, CRS-19 e CRS-20, também irão utilizar cápsulas que voarão pela terceira vez). Este é um passo importante, que comprova que a SpaceX conseguiu os seus objectivos, já que estas cápsulas foram concebidas para serem lançadas três vezes.


Para o final de 2020, por altura da missão CRS-21, a SpaceX espera já estar a usar a nova Dragon 2, que irá pousar no Atlântico em vez do Pacífico, e acelerar ainda mais o processo de serem preparadas para um novo lançamento, que será feito na Florida.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]