2019/08/12

DSLRs em risco de apanharem ransomware


Os sistemas que facilitam a transferência wireless de fotos das câmaras digitais podem também tornar-se na porta de entrada que permite a hackers instalarem malware e ransomware em DSLRs.

Longe vão os tempos em que cada sessão de fotos numa DSLR era de seguida acompanhada pela ligação de um cabo ao computador, ou retirar o cartão de memória para o colocar num leitor no PC. Hoje em dia praticamente todas as câmaras contam com suporte WiFi para transferências wireless... mas por vezes isso pode tornar-se numa dor de cabeça.

Investigadores demonstraram como é possível explorar os protocolos de transferência WiFi para infectar uma DSLR com malware, ao ponto de até lhe poderem instalar um ransomware que codifique todas as fotografias no seu cartão de memória.

Importa manter ao firmware das câmaras actualizado, e também desligar todo o tipo de acessos wireless que não estão a ser utilizados - assim como tentar utilizá-los apenas em ambientes que ofereçam alguma segurança.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]