2019/09/04

App da Tesla esteve em baixo mas não faltavam alternativas para entrar no carro


Tem estado a circular mais uma notícia que indica que várias pessoas com Tesla ficaram trancadas fora do carro por a app da Tesla ter estado inacessível; mas esquecem-se de referir que essa nem sequer é a forma recomendada pela Tesla para entrar no carro.

A app da Tesla permite controlar remotamente inúmeras funções do automóvel, incluindo trancar e destrancar as portas (como muitos utilizadores fazem), mas tem a grande desvantagem de necessitar que tanto o smartphone como o automóvel tenham ligação à internet. Se a ligação falhar ou, como aconteceu neste caso, existir algum problema temporário com o serviço da Tesla, deixa de estar funcional.

Mas então, sem internet, fica-se fora do carro?

Não, obviamente que um aspecto tão crítico não iria ficar dependente de algo como ter ligação à internet.

Os Tesla continuam a ter chaves físicas, sob a forma de cartões (ou chaves com formato de mini-Teslas), e com as quais é possível abrir e fechar as portas sem estar dependente de qualquer app ou ligação à Internet. Chaves essas que a Tesla recomenda que os utilizadores tenham consigo permanentemente, tal como se teria uma chave física de qualquer outro veículo.

Adicionalmente, é ainda possível utilizar o smartphone como chave, sem também estar dependente de uma ligação à internet, usando a funcionalidade "phone-as-key", que usa Bluetooth Low Energy.



Portanto, a notícia não deveria ser que algumas pessoas com Tesla ficaram trancadas fora do carro por a app não funcionar. A notícia deveria ser que há pessoas que ficaram irritadas por: 1) não terem a "chave" do carro com elas; 2) não se terem dado ao trabalho de activarem o seu smartphone como chave. Depender de algo que, logo à partida, se sabe que será a opção mais falível... já se sabe que acabará por falhar.

2 comentários:

[pub]