2019/09/29

Elon Musk e SpaceX revelam mais detalhes da Starship


Elon Musk aproveitou o 11º aniversário da chegada da SpaceX a órbita, para fazer uma actualização sobre a Starship, sobre a qual recaem todas as ambições para a conquista espacial.

Começando por relembrar os inícios da SpaceX e os avanços feitos, Elon Musk voltou a referir que a única hipótese realista para tornar a exploração viável é reduzir drasticamente os custos do acesso ao espaço, e que para isso será indispensável recorrer a veículos reaproveitáveis (dando o exemplo do ridículo que seria se cada avião só pudesse voar uma única vez).


De forma semelhante aos humildes inícios com o protótipo Grasshopper, a SpaceX aposta agora tudo na Starship, que espera ter a voar até uma altura de 20 mil metros dentro de 1 ou 2 meses, e voltar a aterrar de forma controlada.



Com uma construção em aço inoxidável, a Starship tem uma maior resistência e um preço muito mais reduzido do que se fosse construída em fibras compósitas. Também resiste melhor a baixas temperaturas (em que este tipo de aço fica cerca de 2x mais resistente) e altas temperaturas, fazendo com que seja apenas necessário protecção térmica nas zonas que ficarão mais expostas na reentrada (mas com espessura mais reduzida, devido à resistência térmica do aço).


A Starship conta com três motores atmosféricos e três motores para o vácuo; a que se somam até 37 motores Raptor no lançador Super Heavy (a sua construção é modular, permitindo remover motores, de acordo com as necessidade de lançamento).


E se a Starship MkI, no seu estado actual, é imponente, a Starship final, quando completa, será algo verdadeiramente surpreendente, com 118 metros de altura, superando os 111 metros do mítico Saturn V - com a "pequena" diferença, de que agora estamos a falar de um conjunto completamente reutilizável.

Agora é só aguardar pelos primeiros voos da Starship, ainda este ano, e esperar que tudo corra tão bem quanto como o Grasshopper (que não falhou um único teste); e ver se as ambições de Elon Musk, de criar uma base permanente na Lua e em Marte, tão depressa quanto possível, efectivamente se concretizam em tempo útil. Elon diz que espera atingir órbita, com o Starship Mk4 ou Mk5, que terão construção acelerada, num prazo de 6 meses.

Actualização: nova secção do site da SpaceX dedicada à Starship.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]