2019/09/20

Sony LSPX-S2 Glass Sound Speaker


As colunas de som Bluetooth são, hoje em dia, um dos acessórios que por norma surgem associados aos smartphones, constituindo-se como uma excelente alternativa para melhorar a reprodução de som nestes equipamentos. A Sony LSPX-S2 Glass Sound Speaker é disso exemplo, disponibilizando uma excelente experiência sonora, que surge associada a um design original, fazendo desta coluna um ornamento que se enquadra na perfeição numa casa com linhas modernas.


A coluna tem o formato de um candeeiro, que é constituído por duas zonas distintas: a base maioritariamente em metal, e a zona de iluminação tubular em vidro. Para dar estabilidade ao conjunto, ao mesmo tempo que reduz as vibrações, a Sony utiliza um anel em borracha, que é ladeado por uma banda em tecido, com cerca de um centímetro de altura.


É nestas duas zonas que encontramos todos os botões e ligações. Na zona inferior, botões para controlar a intensidade da iluminação, reset, timer/wps, configurar o Bluetooth e dois LEDs de estado, WiFi e Bluetooth.


Na zona de tecido, dois botões com LEDs de estado, a porta micro USB para carregamento e uma entrada de som via ficha de 3,5mm. Um dos botões serve para ligar/desligar a coluna, o outro tem uma finalidade curiosa.




Quando tocava neste botão ouvia uma música via Spotify diferente da que estava na minha lista de reprodução. A explicação acabou por estar no site da marca, com a funcionalidade "Push & Play" a permitir ouvir a última faixa reproduzida no Spotify, uma música favorita ou uma recomendação de lista de reprodução do Spotify. Ficou assim esclarecido este pequeno mistério.




Para controlar o volume, a Sony disponibiliza mais dois botões, à direita da entrada de 3,5mm



Ligada a coluna, há que a configurar, quer seja através da ligação WiFi, ou emparelhando a mesma com a fonte de áudio, o qual pode ser feito via Bluetooth, ou de forma mais simples e expedita com NFC. A entrada de 3,5mm, será sempre um alternativa válida para reprodução de áudio, dispensado a utilização de tecnologias sem fios.

Quando ligada à rede WiFi, caso tenham um conta Spotify, poderão utilizar o Spotify Connect, não tendo que estar ligados directamente à coluna. Via Bluetooth, podem utilizar a app de eleição, para reprodução de conteúdos, mas para explorar a coluna na sua plenitude, recomenda-se a utilização da aplicação "Music Center", a qual está disponível para iOS e Android.

A aplicação é bastante completa, permitindo controlar remotamente a luminosidade e a música, ou para definir o temporizador para desligar. Como fonte de conteúdos, permite utilizar o armazenamento interno, Google Play Music, Apple Music, equipamentos DLNA, a entrada de som através da ficha de 3,5mm e Spotify. A oferta é bastante completa, fazendo desta app uma excelente opção para reprodução de conteúdos áudio, visto cobrir um alargado espectro de fontes de som, Hi-Res, incluído.


É possível ajustar o som através das funções de equalização disponibilizadas na app, assim como controlar o tipo de luz, podendo a mesma imitar uma vela, algo que poderá ser interessante, para garantir um ambiente mais intimista. A lamentar o facto de o tubo de vidro não poder ser utilizado de outras formas, que seja com outro tipo de efeitos com a luz amarela, quer seja com leds RGB, para disponibilizar um tipo de iluminação mais versátil.


Em termos de qualidade sonora, a primeira vez que se utiliza a coluna, é quase que por certo acompanhada de um "uauu!" É um "estalo" que não se espera de um corpo com tão reduzidas dimensões. Claro que este cartão de visita leva a que se experimentem vários conteúdos e cenários de utilização, sendo recomendável que se utilizem fontes de som de elevada qualidade, sendo o Spotify algo curto neste aspecto.




Os agudos são vibrantes, com a zona tubular a maximizar o tweeter.  O radiador passivo faz um bom trabalho nos graves, dando corpo à musica mais pesada. A experiência é interessante, mas o facto de termos apenas uma coluna, acaba por limitar o efeito do estéreo, algo que poderá ser colmatado com o emparelhamento de uma segunda coluna, duplicando os 11W de potência sonora.

O desempenho da coluna, levou a que se comparasse a mesma com um sistema áudio com amplificador Denon e quatro colunas KEF, acompanhadas de coluna central e subwoofer. Se em termos de pureza dos agudos não existe uma diferença assinalável, o mesmo não se poderá dizer dos graves, notando-se uma clara diferença em termos de estrutura. Poderá o leitor dizer que esta é uma comparação que não faz sentido, o que acaba por ser verdade, mas há que contabilizar o peso do preço, no valor global do produto, sendo este o motivo para a comparação entre os dois sistemas de som.


É que o seu ponto mais penalizador acaba por estar no preço, com a Sony a cobrar um valor premium por esta coluna LSPX-S2 Glass Sound. Com um preço recomendado de 600€, este acaba por ser um produto só ao alcance de carteiras mais recheadas, disponíveis para investir num produto singular, que junta o design exclusivo a uma interessante experiência sonora.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]