2019/10/26

Câmara térmica em Museu ajuda mulher a detectar cancro na mama


Aquilo que seria uma simples curiosidade num museu acabou por servir como sinal de alerta, com imagens de uma câmara térmica a terem servido para que descobrisse ter cancro num dos seios.

No World of Illusions em Edimburgo existe uma sala onde os visitantes se podem ver através de uma câmara térmica. Uma das visitantes, uma mulher de 31 anos, reparou que um dos seus seios apresentava uma mancha "quente" que parecia um pouco estranha e não aparecia em mais nenhuma pessoa. Tirou uma foto da imagem e prosseguiu com a visita.

Quando chegou a casa, ao olhar para a imagem novamente, decidiu pesquisar um pouco na internet, e foi aí que descobriu que uma mancha daquelas poderia indicar a presença de um tumor, com circulação acrescida que provocasse o aumento de temperatura detectado pela câmara térmica. Marcou uma consulta com um médico que lhe confirmou que tinha efectivamente cancro da mama.

Desde então já fez duas cirurgias, com uma terceira agendada para reduzir o risco de reincidência, mas não deixou de contactar o museu para agradecer pelo facto de uma das suas curiosidades potencialmente lhe ter salvo a vida. Mas, embora este tenha sido um caso curioso, os especialistas relembram que a detecção via câmara térmica não são um método aconselhado para detectar cancro da mama, e que será melhor manterem visitas regulares aos seus médicos de família e usarem os métodos recomendados para detecção do mesmo.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]