2019/10/27

Tracking de águias deixa cientistas com conta exorbitante de roaming para pagar


O receio de contas exageradas por culpa das taxas de roaming é algo que preocupa todos os que viajam, mas desta vez os visados foram uns cientistas russos que seguiam o trajecto de águias durante a sua migração.

A tecnologia tem permitido que se acompanhe com mais detalhe do que nunca o padrão de movimentos dos animais durante as suas migrações, mas por vezes pode resultar em contas inesperadas. Investigadores russos equiparam várias águias com sistemas de tracking que enviavam as suas coordenadas via SMS, mas não contavam que uma conjugação de factores lhes viesse a estragar as contas.

Depois de terem passado a maior parte do Verão em zonas sem cobertura, as águias fizeram a entrada na rede no Irão e Paquistão, em vez do Cazaquistão, fazendo com que o custo dos SMS enviados pelo sistema de tracking aumentassem de 2 cêntimos para 70 cêntimos. E como se isso não bastasse, o sistema começou a enviar centenas e centenas de SMS para enviar todos os dados acumulados durante o Verão.


Com isso, a conta a pagar subiu para mais de 1500 euros, deixando os cientistas com uma conta que não podiam pagar.

Felizmente, uma campanha de crowdfunding já angariou dinheiro suficiente para garantir o pagamento das contas durante os próximos meses, e a operadora de telecomunicações também se disponibilizou para anular a cobrança do valor excessivo e disponibilizar um tarifário especial com preços bastante mais reduzidos para este tipo de aplicações.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]