2019/10/29

Internet faz 50 anos


Parecendo que está connosco desde "sempre", chegamos ao dia em que celebramos mais um aniversário da Internet, desta vez atingindo a bonita marca dos 50 anos.

Dependendo da perspectiva, a internet tem "só" ou "tchii, já tem" 50 anos. Foram 50 anos iniciados precisamente a 29 de Outubro de 1969 e - demonstrando que apesar do meio-século de distância há coisas que nunca mudam - com um crash. A primeira comunicação ficou-se por um modesto "LO", interrompendo precocemente a tentativa de enviar o comando LOGIN para um computador remoto.

A ARPANET foi criada com o intuito de fornecer uma infraestrutura de comunicação em rede capaz de resistir a ataques nucleares, e que não ficasse dependente de uma única estação central. Foram precisas algumas décadas para que a ARPANET se viesse a tornar na internet e saísse da esfera da utilização militar e académica para o mundo, mas aquilo que começou de forma tímida com um punhado de computadores ligados acabou por superar todas as expectativas, fazendo com que actualmente estejam ligados milhares de milhões de pessoas e ainda mais máquinas e equipamentos.

Um sinal bem evidente disso é que os tradicionais endereços IP de 32 bits (do estilo 192.168.0.1) criados em 1981, que na altura representavam uns "inatingíveis" 4.2 mil milhões de endereços, se vieram a revelar insuficientes para suportar tudo aquilo que queremos ligar à internet actualmente - dando origem ao IPv6, que agora já não arrisca e passa para endereços de 128 bits (340.282.366.920.938.463.463.374.607.431.768.211.456 endereços), capazes de suportar endereços para todos os átomos à superfície da Terra... e de mais de uma centena de planetas idênticos... e de ainda sobrarem alguns.



Infelizmente nem tudo tem sido positivo na utilização da Internet. A mesma tem sido usada cada vez mais frequentemente e de forma mais marcada como ferramenta de propaganda e desinformação, censurada, usada para espiar a população mundial a níveis sem precedentes, e até usada como arma para desencadear ataques a múltiplos níveis. É por isso cada vez mais importante fazer os possíveis que, enquanto ferramenta de alcance global, a Internet se mantenha no rumo certo para ser usada para fins positivos.

Será inevitável que continuem a existir utilizações abusivas e maliciosas... Mas o importante é que esse tipo de coisas se possa considerar a "excepção" e não "a regra".

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]