2019/12/13

Xiaomi Redmi Note 8 a €134


Hoje em dia não é preciso gastar nenhuma fortuna para ficar com um smartphone decente e com muito bom aspecto, como demonstra este Xiaomi Redmi Note 8.

O Xiaomi Redmi Note 8 é um smartphone com ecrã full-screen de 6.3" e que vem equipado com um CPU Snapdragon 665 octa-core, acompanhado por 4GB de RAM, 64GB + microSD, conjunto de quatro câmaras na traseira (48MP + 8MP + 2MP + 2MP), câmara frontal de 13MP, dual SIM (nano SIM), USB-C, MIUI 10, e bateria de 4000mAh.
Usando-se o código de desconto GBNOTE81212 podemos apanhar este Xiaomi Redmi Note 8 (Global Version) por apenas 134 euros, com envio EU Priority Line gratuito.

É a demonstração perfeita de que não se tem que gastar valores exorbitantes para ficar com um smartphone que é capaz de lidar com todo o tipo de tarefas, e com design que não se envergonha ao lado de modelos que custam cinco ou seis vezes mais!

11 comentários:

  1. Cada vez mais se fala em fazer compras com cabeça e ponderadas, adequadas à realidade de cada um. Ninguém fala da realidade que é encomendar aparelhos neste tipo de loja. Já fui cliente mas sinceramente há lojas em Portugal que vendem a bons preços (pouco mais de 50€) e que oferecem garantia e descanso na consciência.
    Basta correr mal umas vezes como aconteceu a mim, que se perderem a encomenda, enviam uma segunda via por correio registado e depois não vai haver sorriso a pagar alfandega e a ficar com um telemovel mais caro e sem garantia.
    Estes posts começam a ser tristes e a tornar este blog parecido a um tal irritante ppl...
    Mas não deixem de publicar. Falem também das coisas más e deixem que está aqui deste lado decidir se vale o risco.
    Para mim com Amazon e uma boa procura no google durante algumas semanas nunca mais compensou mandar vir da GB e companhia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que temos feito, desde sempre. Ainda recentemente partilhamos um caso de uma caixa que chegou vazia; e se segues o nosso canal de promoções no FB verás que a maioria das coisas são da Amazon ES.
      No entanto, em virtude dos gadgets para os passatempos e compras pessoais, são centenas de compras por ano que faço nestas lojas, pelo que penso que fico com uma boa ideia do seu funcionamento - e até à data não tenho motivos de queixas.
      É certo que poderá haver incidentes (como o link acima indica), mas serão uma excepção à regra.

      Dito isto, obviamente que importa estar informado, pesar todos os prós e contras, e fazer a decisão mais acertada para cada um.

      Eliminar
    2. A respeito do comentário acima deixo aqui a minha experiência com a gearbest.
      No final do mes de outubro decidi comprar este mesmo telemóvel para a minha namorada porque como o carlos diz e muito bem relação preço/qualidade acho que não é possível encontrar muito melhor.
      Já tinha feito outras compras pela gearbest mas está foi a primeira vez que comprei algo de maior valor. Escolhi o envio PRIORITY LINE Portugal Express-S ou seja vai para Espanha e depois é a SEUR que o traz para cá e entrega. Como seria de esperar da SEUR que é das piores transportadoras que existe em portugal (tenho sempre problemas com eles sempre que compro alguma coisa na amazon.es) perderam a encomenda. Abri um ticket na gearbest e expliquei a situação disseram-me que teria de esperar até eles receberem a comunicação por parte da SEUR que a encomenda tinha sido extraviada e passado 5 dias entraram novamente em contacto comigo a confirmar o extravio e ofereceram-me imediatamente um reembolso do valor total.
      Da gearbest só tenho coisas boas a dizer a única empresa aqui que não presta é a SEUR que alem de perder a encomenda das varias vezes que liguei para o apoio ao cliente nunca ninguém teve o bom censo de pelo menos pedir desculpas pelo sucedido.
      Comprei novamente o telemóvel pela gearbest (desta vez escolhi o envio EU PRIORITY LINE ou seja vai para a Alemanha e depois a DHL trás para cá) e ficou ainda mais barato 131€.

      Eliminar
  2. Que granda preço. Na minha família é tudo XIAOMI e nem um pouco de arrependimento.

    ResponderEliminar
  3. Em minha casa há 5 Xiaomi, todos abaixo dos 200 €, e não tenho qualquer razão de queixa, pelo contrário. O meu é um A2 e estou muito satisfeito, já agora(vim do iphone 5s!).
    Quando se parte um ecrã é só mandar vir um de substituição, que normalmente não excedem os 20€.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A1 e A2 Lite (este já vai no seu 4° digitiser). Cumprem a sua missão a 100%. Para o ano estou a pensar comprar o A4...

      Eliminar
  4. Enquanto tiverem esta postura de qualidade com preços extremamente justos eu também não deixarei de comprar, são 5 os que tenho na minha família, até agora só tive problemas com o A1 , os outros sempre a bombar, hoje não faz qualquer sentido comprar equipamentos a custar uma fortuna até porque eu no máximo de 2 em 2 anos troco os equipamentos.

    ResponderEliminar
  5. Idem....
    Estou a 2 dias de receber um Xiaomi Mi A3 (o parente próximo do visado nesta publicação, mas com Android One) que, apesar de ter sido expedido de Hong Kong, usufrui da garantia legal de 24 meses praticada na Europa :)

    Dado que na Europa o mesmo equipamento custa sensivelmente 200€-230€ (contra os 143€ pagos através do sítio Rakuten FR + retorno extra de ~15€ em saldo para compras futuras na plataforma após conclusão da compra), não é certamente aliciante, optar por uma compra (possivelmente até mais cómoda e sensata) de produtos acondicionados em território Europeu...

    ResponderEliminar
  6. Estou a ponderar mandar vir o Xiaomi Mi A3 mas estou com receio de mandar vir online, será seguro? Não tenho depois a surpresa do pagamento da alfândega? Qual o modo de envio mais seguro sem ser é viu premium? Mas que não leve 2 meses a chegar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aplicando os cuidados básicos para encomendas efetuadas pela internet, não terá certamente qualquer problema com expedições oriundas da Ásia (pese embora de vez em quando existam dissabores, mas também aí fáceis de resolver através dos mecanismos disponibilizados nas várias plataformas online).

      Para o caso de Portugal, é imprescindível "fugir" à Alfandega, escolhendo um método de envio que contorne uma possível paragem de meses e respectiva taxação... Infelizmente, isso impede (na maioria das vezes) o acesso às melhores ofertas no mercado.

      Aconselho a compra num vendedor bem cotado, assim como, de equipamentos que usufruam da garantia legal de 24 meses praticada na Europa, ao invés dos 12 meses habitualmente oferecidos em expedições diretas da Ásia.

      Atenção também, à versão do equipamento (EU, CH, Global...) já que, alguns deles não são compatíveis com todas as frequências de rede utilizadas na Europa. Para consulta, o sítio "kimovil.pt" disponibiliza a informação respeitante...

      Eliminar
    2. Aconselho o Mi A3, face ao Mi 8 Lite, para quem procura um equipamento com excelente performance a preço reduzido e também para aqueles que, valorizam um sistema simplista (Android One) sem alterações do fabricante.

      Além disso, para quem detesta o "comando de voltar/retorno" "<" à direita - como é os caso dos Xiaomi em geral e da sua conhecida MiUi, será um agrado completo poder contar com esse comando no seu melhor posicionamento, ou seja, à esquerda... :)

      Acho que o Xiaomi MiA3 apenas peca um pouco no ecrã, não pela resolução, mas sim pelas cores mais vivas um pouco saturadas demais e não passíveis de alteração diretamente através do sistema nativo.
      Portanto, eis aqui mais uma questão, já que a Nokia (que também utiliza Android One), oferece essa e outras possibilidades não presentes no Android One (mesma versão) presente neste Xiaomi MiA3, o qual não deixa de ser o melhor equipamento disponível na faixa de preço 120€-170€. De relembrar que nas lojas Europeias este equipamento está ainda a ser vendido em torno dos 200-240€, um exagero completo.

      Eliminar

[pub]