2020/03/25

Projecto português Vent2life quer reparar equipamentos hospitalares


A situação do coronavirus tem mobilizado toda uma série de pessoas e grupos para o combate à doença, e um deles é o projecto Vent2life, nascido a partir do projecto Open Air, e que visa reparar equipamentos hospitalares avariados.

Em situação de crise e de ruptura dos serviços de saúde, como infelizmente tem acontecido em países como a Itália, onde os profissionais enfrentam a penosa situação de ter que deixar morrer pacientes por falta de equipamentos como ventiladores, todas as ajudas são bem vindas. Precisamente por isso, desde cedo que o movimento "maker" se disponibilizou para ajudar no que for possível - sendo que em resultado disso se desenrascou um sistema que permite multiplicar por quatro a capacidade de um único ventilador, usando máscaras de mergulho e válvulas impressas em impressoras 3D.

O projecto Vent2life aposta numa vertente ligeiramente diferente, disponibilizando técnicos especializados e voluntários, que poderão dar resposta aos equipamentos hospitalares que estejam avariados ou inutilizados por algum motivo, e que poderão ser recuperados ou reconvertidos para outras funções. O objectivo é reduzir o desperdício e as despesas, sendo um projecto cuja utilidade não se limitará ao período do coronavirus ou de uma qualquer outra pandemia, mas que será válido a todo e qualquer momento.


O projecto conta já com mais de duas dezenas de pessoas e com os apoios de entidades tão variadas quanto a Ordem dos Engenheiros, FCT e ISEP. Está de portas abertas a técnicos especializados que se queiram juntar ao projecto, a voluntários que queiram dar o seu contributo, e claro, a todos os hospitais que quiserem beneficiar da sua ajuda.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]