2020/03/22

SIC passa vídeo falso de "motins do coronavirus"


Com todas as entidades e orgãos de comunicação social a apelarem aos cidadãos que não partilhem notícias sobre o coronavirus que não sejam comprovadamente legítimas, temos o vergonhoso caso da SIC ter passado no seu Jornal da Noite uma notícia completamente falsa, apresentada como sendo um "motim" de pessoas a lutarem por comida no Reino Unido.

A pandemina do coronavirus não tem sido apenas um teste à nossa sociedade e toda a sua estrutura social e empresarial, como tem sido também um teste à credibilidade e à proliferação de notícias falsas - as ditas fake news. É de facto importantíssimo que não se contribua para espalhar informação falsa, muitas vezes perigosa em múltiplos níveis, e a última coisa que se esperaria, era ver uma dessas notícias falsas ser apresentada num dos noticiários principais de um canal como a SIC.

A SIC apresentou uma notícia, ilustrada com um vídeo de motins no Reino Unido apresentados como sendo devido ao coronavirus, só que na realidade trata-se de um vídeo de confrontos com a polícia que data já de 2011.



Este é simplesmente o tipo de erro que não é, de todo, admissível num canal televisivo; ainda mais quando parece ter sido deliberadamente escrito e preparado com o intuito de chocar e assustar os espectadores.

Esperemos que este caso seja devidamente investigado pelas entidades competentes, e que sejam tomadas as medidas necessárias para o tornar num exemplo do que não se pode fazer.

6 comentários:

  1. Onde andava o Polígrafo antes da noticia ir para o ar...

    ResponderEliminar
  2. Enfim, a imprensa ao invés de ser uma ferramenta de informação e confiança acabou no sensacionalismo desesperado.

    Já agora deixo aqui a dica para um site simples que desenvolvi para comparar a evolução do vírus entre alguns países:
    http://ricardomendes.synology.me/over100density.html

    espero que achem útil :)

    ResponderEliminar
  3. A Sic já hoje veio pedir desculpas pelo sucedido, nos programas noticiosos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não foi em rodapé e com desculpas pequenas, foi em destaque.

      Eliminar
    2. como se isso desculpasse alguma coisa. Foi o caso mais vergonhoso que me lembro de ver na TV portuguesa. O que ainda é mais grave, dada a suposta superioridade moral que o Rodrigo Guedes de Carvalho demonstra diáriamente. Bem pode limpar as mãos à parede.

      Eliminar

[pub]