2020/04/13

Google deixa de apresentar distribuição das versões Android na web


Após quase um ano sem actualizar os números, a Google lá decidiu reconhecer o ridículo da situação e removeu por completo a página onde mostrava a distribuição das versões Android.

É completamente "obtuso" que a Google se sinta tão envergonhada da progressão lenta da adopção das novas versões de Android no mercado, que tenha chegado ao ponto de dificultar o acesso a essa informação. Ainda mais sendo sabido que, devido ao Streisand Effect, a tentativa de esconder esses números apenas vai fazer com que se dê ainda mais atenção a eles. E ainda por cima, eles continuam disponíveis, mas só para quem se der ao trabalho de instalar o Android Studio, conforme indicado na página onde anteriormente se tinha acesso directo a esses dados.

No Android Studio os developers podem ver como vai andando a distribuição das versões Android, apresentada de forma cumulativa.


Valores que no entanto podem ser convertidos para a forma "antiga" tal como eram apresentados, e que revelam que a poucos meses da chegada do Android 11, o Android 10 chega apenas a 8.2% dos smartphones no mercado, com o Android Pie (9) e Oreo (8) a representarem mais de 50% da plataforma (31.3% + 21.3%), enquanto os Android Nougat (7), Marshmallow (6) e Lollipop (5) também ainda se mantêm com 12.9%, 11.2% e 9.2% respectivamente.



Numa altura em que tanto se promove a transparência e a facilidade no acesso aos dados, a Google dá um péssimo exemplo ao dificultar o acesso a esta informação relativa à distribuição das versões Android.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]