2020/05/18

Supercomputadores europeus atacados para gerar criptomoedas


Um hacker conseguiu infectar vários super-computadores europeus e usar o seu poder para gerar criptomoedas em proveito próprio.

No passado já vimos hackers a lançarem campanhas de criptominers, por vezes até infectando páginas web populares, para roubar poder de processamento de todos os que visitem esses sites. Mas desta vez trata-se de alguém que não se contentava com o reduzido poder de processamento dos computadores domésticos, e em vez disso decidiu colocar a mira em máquinas mais capazes: uma série de super-computadores europeus!

Super-computadores na Escócia, Alemanha, Espanha e outros países, parecem ter sido o alvo de um mesmo ataque que tirou partido da mesma vulnerabilidade, tirando partido de acessos SSH comprometidos.

Embora no passado já tenham sido detectados casos de utilização abusiva de super-computadores para gerar criptomoedas, até à data isso tinha sido feito por pessoas com acesso interno ao sistema. Desta vez, tratou-se de um ataque de um hacker (ou mais) que certamente esperava obter "super-rendimentos"; mas cuja gulosice foi rapidamente detectada e eliminada.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]