2020/06/05

Alemanha exige postos de carregamento eléctrico nos postos de combustível


Para fomentar a compra de veículos eléctricos e aliviar o receio de ficar sem bateria, a Alemanha vai exigir que todos os postos de combustível tenham também postos de carregamento para automóveis eléctricos.

A medida não é inesperada, sendo que em muitos países vários postos de combustível já começaram a adicionar postos de carregamento por sua própria iniciativa - para não falar de casos mais extremos, de alguns postos de combustível que se converteram em postos exclusivamente para veículos eléctricos, em países onde a adopção dos eléctricos tem estado mais avançada.

De resto, faz total sentido que nos postos de combustível, onde já se junta o abastecimento de várias variedades de gasolina e gasóleo (e GPL nalguns casos), também o carregamento eléctrico passe a ser uma das opções - que a médio e longo prazo deverá começar a representar maior utilização face aos combustíveis fósseis.

Dito isto, há também que ter em conta que, para a maioria dos cidadãos e do uso típico dos automóveis, será mais que suficiente carregar o carro em casa à noite (ou no local de trabalho durante o dia, se houver essa possibilidade) e dispensar por completo a ida aos postos de combustível. Essa sim, é uma das grandes alterações nos hábitos de quem tem um eléctrico, e que é bem mais realista do que o "medo" de ficar sem bateria.

4 comentários:

  1. Eu acho que já vem tarde. Ir para o interior continua a ser complicado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade mesmo. Para me deslocar a Seia, sopé da Serra da Estrela é mesmo complicado.

      Eliminar
  2. E a colocar postos de carregamento que seja de tipo rápido (acima de100kWh) para minimizar o tempo de carga e maximizar a rotação de clientes e utilização do posto. Ninguém vai querer ficar 2h no posto de carregamento porque a potência instalada é de 7 kWh como ainda existem nalguns casos...

    ResponderEliminar
  3. Cá em Portugal ainda estamos na fase de ter os postos de carregamento das estações de serviço da A1 a funcionar. Um luxo seria ter os postos já espalhados pelo país adjudicados e disponíveis. Ao nível do sonhar podemos pedir postos rápidos espalhados pelo país a menos de 50km uns dos outros (entre o Porto e Viana não existe nenhum PCR)

    ResponderEliminar

[pub]