2020/06/09

Análise aos auriculares Bluetooth Aukey EP-T21


Num mercado cada vez mais concorrido acaba por ser difícil conseguir uma posição de destaque perante a alargada oferta à disposição dos consumidores. Estes auriculares Aukey EP-T21 não têm a vida facilitada terão que demonstrar o seu valor entre as muitas alternativas no segmento low-cost, onde a concorrência é ainda mais forte.


Os auriculares Aukey EP-T21



A caixa de cartão apresenta o alinhamento habitual na marca, não havendo lugar a grandes luxos neste segmento de produto. Dentro da caixa, encontramos a caixa de transporte/carregamento, borrachas com tamanho alternativo, um cabo micro-USB para carregamento da caixa, a documentação de referência e o tão característico cartão de boas vindas.


A caixa de transporte é também o único meio de carregamento dos auriculares, contendo uma bateria de 380 mAh que leva duas horas para ser recarregada completamente. Os auriculares são instalados em duas concavidades com pinos magnéticos que mantêm os auriculares em posição e permitem o seu carregamento. Cada auricular tem uma bateria interna de 40mAh, com a caixa de transporte a poder recarregá-los quatro vezes.



Na traseira da caixa temos uma porta micro USB para o carregamento da bateria interna. Numa altura em que o USB-C domina, a apresentação de produtos com portas micro-USB acaba por ser um passo atrás nesta evolução. Cada auricular apresenta um microfone na base e um LED de estado na extremidade do braço. O corpo dos auriculares é sensível ao toque, permitindo a execução de comandos para controlo da reprodução de conteúdos.

Os auriculares Aukey EP-T21 suportam ligações Bluetooth 5 e são compatíveis com as especificações A2DP, AVRCP, HFP e HSP, notando-se no entanto a ausência do AptX, capaz de fornecer uma melhor qualidade de áudio.


Em utilização



Depois de garantida a carga dos auriculares, haverá que efectuar o seu emparelhamento com o equipamento que irá tratar da reprodução do áudio e vídeo. Para dar início ao processo de emparelhamento basta retirar os auriculares da caixa, ficando o LED a piscar alternadamente vermelho/verde.

Para utilizações futuras, os auriculares irão estabelecer ligação com o último equipamento a que estiveram conectados. No caso de não encontrarem nenhum equipamento conhecido, os auriculares entram novamente em modo de emparelhamento. Para limpar a lista de equipamentos emparelhados basta pressionar a zona do painel sensível ao toque durante cerca de 10 segundos.

Este painel reconhece três tipos de gesto: duplo toque, triplo toque e toque prolongado. Na reprodução de conteúdos, o duplo toque inicia / pára a reprodução, o toque prolongado avança uma faixa (auricular direito) ou volta à anterior (auricular esquerdo). No caso de chamadas, o duplo toque atende e o toque prolongado termina a ligação. O triplo toque permite chamar o assistente de voz. A detecção do toque nem sempre ocorre à primeira tentativa, pelo que por vezes é necessário repetir o gesto.

Estes auriculares Aukey EP-T21 são bastante confortáveis em utilização, com o seu reduzido peso a não se fazer sentir numa utilização prolongada. Os três pares de borrachas, com diferentes tamanhos, permitem optimizar o ajustamento à cavidade auricular, melhorando a experiência sonora que, como esperado num produto low cost, é apenas satisfatória. Os agudos têm tendência para se sobrepor aos graves, que pecam por falta de corpo, algo que se nota de forma acentuadamente em músicas com batida mais acentuada.

Para desligar os auriculares, basta voltar a inserir os mesmos na caixa de de transporte, que se encarregará de os carregar automaticamente para que estejam prontos para a próxima utilização. Nesta acção de colocar nos auriculares na caixa, o utilizador depara-se com uma situação que infelizmente acaba por ser comum neste tipo de equipamentos. A posição nos auriculares na caixa obriga a que tenham que ser rodados para os colocar nas orelhas, havendo que fazer o mesmo quando os auriculares regressam à caixa. Seria mais interessante se se pudesse fazer um movimento directo, bastando para isso que fosse alterado o seu posicionamento na caixa de transporte.


Apreciação final



Os auriculares Aukey EP-T21 são um bom produto de gama de entrada, que se destacam pelo conforto em utilização, muito graças ao seu reduzido peso. A autonomia é bastante boa, permitindo longas horas de utilização (até 5h), podendo chegar a um dia de trabalho sem ser necessário recarregar os auriculares. Para o carregamento, a Aukey disponibiliza a caixa de transporte, que permite quatro cargas completas, com cada uma a levar até duas horas. A porta micro-USB é o aspecto menos conseguido, obrigando à manter por perto um cabo com este tipo de ligação.

Em termos de qualidade sonora, temos um produto que está dentro do que se pode esperar para o seu patamar de preço (€29), não deslumbrando mas também não comprometendo decisivamente a experiência sonora. As funcionalidades são também elas limitadas, não estando disponível uma configuração manual das mesmas e a detecção do toque nem sempre funciona à primeira tentativa.

Para quem procura uns auriculares bluetooth de baixo custo, os Aukey EP-T21 são uma opção a ter em conta, constituindo-se como uma opção equilibrada mas que não apresenta argumentos suficientes para se destacar da concorrência. Por isso, terão que se contentar com um "Morno".


Aukey EP-T21
Morno

Prós
  • Conforto em utilização
  • Peso

Contras
  • Detecção do toque
  • Porta microUSB




Aukey EP-T21 - auriculares BT

Morno (3/5)

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]