2020/06/09

Notícias do dia

Operadoras irritadas por Anacom revelar que telecomunicações em Portugal são das mais caras na Europa; Nova burla MB Way faz "pedir dinheiro" em vez de "enviar dinheiro"; Xiaomi prepara smartphone topo de gama com 16GB de RAM; Visionox já tem ecrã OLED com câmara invisível pronto para produção; e Browser Brave apanhado a adicionar links de afiliados a certos sites de criptomoedas.

Antes de passarmos às notícias, participa no passatempo gadget da semana que desta vez te pode valer uma luz solar para exterior Blitzwolf BW-OLT1.

Apple vai revelar Macs ARM no WWDC



Parece estar praticamente garantido que a Apple vai mesmo avançar com o anúncio da transição dos Macs para os seus próprios CPUs ARM, tirando partido de tudo aquilo que aprendeu desde que começou a desenhar os seus próprios chips ARM para os iPhones. A verificar-se, este será uma das maiores alterações feitas pela Apple na última década, só encontrando paralelo na anterior transição dos chips PowerPC para os Intel.

Agora o cenário será bem diferente, representando um revés para a Intel, que no futuro se poderá tornar problemático se outros fabricantes decidirem seguir o mesmo caminho (para isso, a Apple terá que demonstrar que os seus chips são capazes de superar os da Intel, algo que mesmo que não aconteça já nesta primeira geração, poderá vir a acontecer a curto prazo nos anos que se seguem). Saberemos mais no final do mês, com a WWDC 2020 em versão virtual a partir de 22 de Junho.


Cancelamento de ruído no Google Meet chega este mês


O impressionante sistema de cancelamento de ruído usando A.I. que a Google está a preparar para o Google Meet deverá chegar a todos os utilizadores do serviço na web este mês, sendo de seguida expandido também às apps Android e iOS.

Tão eficaz que, aparentemente, quase consegue servir de isolador para a voz em músicas, deixando passar a voz mas eliminando os instrumentos musicais - algo a testar assim que chegar.




Casa Branca passa a ter praça Black Lives Matter



Numa medida simbólica, uma das praças mesmo em frente à Casa Branca teve o nome alterado para Black Lives Matter Plaza, com essa alteração a já estar disponível tanto no Google Maps como no Apple Maps.

Uma alteração que tem como vantagens: 1) deixar o apelo anti-racismo de forma bem visível mesmo à frente da Casa Branca actualmente ocupada por Trump; 2) resistir a toda e qualquer carga policial (ou de forças militares, como Trump deseja).

Também relacionado, tanto o Google Assistant como a Siri da Apple aprenderam a responder a algumas questões sobre o assunto.


MIT cria "cérebro digital" com memristors



Uma equipa de investigadores criou um chip com memristors que pretende utilizar para acelerar tarefas de A.I. em que seja necessário simular um cérebro biológico. Os memristors têm sido estudados há décadas, como sendo um tipo de memória não volátil que poderia ser uma potencial alternativa mais eficiente às memórias flash que encontramos nos SSDs e pens USB, tendo como vantagem um número de escritas praticamente ilimitado e muito mais rápidas, e podendo continuar a funcionar como memória "RAM".

Mas neste caso, os investigadores tiraram partido do facto dos memristors terem capacidade para memorizar tensões analógicas em vez apenas um "0" ou "1", e assim facilitando o processo de replicar uma versão digital das ligações sinápticas de um cérebro. E nos testes efectuados, tem demonstrado resultados promissores faces a outros sistemas de A.I. - mas, como sempre, são avanços que poderão demorar anos até se fazerem notar junto do público. Resta aguardar.


Twitter prepara-se para implementar verificação de contas



Depois de ter sido algo que funcionava quase por "artes mágicas desconhecidas" (que até chegaram ao ponto de fazer com que alguns funcionários vendessem esse serviço), o Twitter prepara-se finalmente para disponibilizar um processo de pedido de verificação de contas que deverá trazer a transparência há muito pedida.

O sinal de conta verificada é encarado por alguns utilizadores como um "ponto de honra" que os distingue dos demais utilizadores no Twitter, mas melhor seria que funcionasse como algo que garantisse que um determinado utilizador é quem diz ser, independentemente de ter sido seleccionado pelo Twitter ou não - e que permitisse limpar todo um exército de trolls e bots que só por lá andam para semear discussões e desinformação. Veremos se / quando este sistema chega a todos os utilizadores.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]