2020/07/16

Canon revela limites de gravação de vídeo das EOS R5 e R6

A Canon apresentou recentemente as suas novas câmaras EOS R5 e R6, mas a sua capacidade para gravar vídeo 8K a 30 fps e 4K a 120 fps (na R5) não vem sem algumas limitações.

As EOS R5 e E6 são câmaras mirrorless que a Canon está a direccionar para quem dá particular importância à gravação de vídeo, com a primeira a poder gravar vídeo 8K e também 4K a 120 fps, e a segunda a ficar-se pelos 4K a 60 fps. No entanto, são capacidades que vêm acompanhadas por bastantes exigências a nível de hardware, o que provoca aquecimento, e por isso mesmo há uma limitação do tempo de gravação nestes modos.

Antes de se iniciar a gravação, a EOS R5 e EOS R6 exibem uma estimativa do tempo provável de gravação com base na temperatura actual da câmara e no modo de gravação definido. Os tempos aproximados de gravação e recuperação para ambientes a 23ºC, para serem usados como referência:



No caso da R5, o tempo máximo indicado para gravação de vídeo 8K é de 20 minutos, reduzindo-se para 15 minutos no caso de 4K a 120 fps. No vídeo 4K a 60 fps oscila entre os 35 minutos usando a largura total do sensor, e os 25 minutos em modo de recorte APS-C (supersampling 5.1K). E no vídeo 4K 30 fps, limite de 30 minutos no modo supersampling 8.2K e sem limite de tempo no modo APS-C. Na R6, que se fica pelo vídeo 4K, o tempo varia entre os 30 e 40 minuto dependendo dos modos.



Para os casos em que for urgente regressar às gravações, a Canon disponibiliza também uma tabela de referência para o tempo de recuperação. Após 10 minutos de descanso será possível gravar mais 3 minutos de vídeo 8K, ou 10 minutos de vídeo 4K 60 fps.


Estes valores irão variar dependendo das condições no momento, pelo que em ambientes frios será possível prolongar estes tempos; mas em ambientes mais escaldantes estes tempos de gravação serão ainda mais reduzidos.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]