2020/08/14

Fortnite removido da App Store e Play Store após adicionar método de pagamento directo


A Epic achou que estava na altura de jogar a sua cartada, forçando a remoção da App Store da Apple e também da Play Store da Google ao adicionar um método de pagamento directo que contorna as comissões das lojas - e usando isso como justificação para avançar com processos contra ambas as empresas.

O desagrado dos developers com as comissões e restrições impostas nas app stores tem crescido nos últimos tempos, em particular relativamente à App Store da Apple, que recentemente perdeu um caso na Rússia por impedir apps concorrentes, e que também levou com a desistência e desagrado da Microsoft por não permitir a entrada da app xCloud na plataforma. As críticas resumem-se essencialmente a dois grandes pontos: o de não permitir a instalação de apps a não ser através da App Store (e impedindo que lá entre tudo que lhe apetecer); e o de exigir que todos os pagamentos paguem comissão, impedindo métodos de pagamento alternativos.

Foi precisamente isto que a Epic utilizou para demonstrar aquilo que considera ser um abuso, adicionando ao Fortnite um método de pagamento directo para além do método habitual via App Store; e fazendo questão de demonstrar a diferença de preço devido à comissão da Apple. Quem comprar via App Store terá que pagar $9.99 por 1000 V-Bucks, pagando pelo método directo esse valor baixa para $7.99.


Com isto, a Epic avança com processo nos tribunais contra a Apple, e também contra a Google. E contra esta última revelando que a Google teve negócios de bastidores para proibir que a OnePlus e a LG disponibilizassem um launcher do Fortnite pré-instalado nos seus smartphones (a velha "regra" da Google de não deixar que os parceiros façam a pré-instalação de formas de acesso paralelas à Play Store).

É mais que claro que a Epic fez esta jogada deliberadamente e sabendo que estava a violar as regras actuais. De qualquer forma, é precisamente isso que é preciso fazer para chamar a atenção contra regras que se podem considerar abusivas... E a Epic fez um excelente trabalho ao relembrar os velhos tempos da Apple, reciclando o seu famoso anúncio 1984.



Para quem não conhece o original, aqui fica, de uma altura em que era a Apple a queixar-se dos monopólios dos outros...

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]