2020/08/17

Intel reforça aposta nos CPUs híbridos com o Alder Lake


A Intel parece estar satisfeita com os resultados obtidos pelo Lakefield e anuncia o próximo CPU com núcleos híbridos - o Alder Lake - para 2021, dizendo que será o seu melhor CPU até à data.

Tal como é comum nos SoC ARM, estes CPUs híbridos da Intel recorrem a núcleos diferentes e especializados, havendo núcleos idênticos aos dos CPUs Atom que ficam dedicados a tarefas pouco intensivas com consumo reduzido, e outros dedicados ao processamento mais exigente, com consumo superior.

É uma estratégia que a Intel estreou nos Lakefield, destinados aos ultra-portáteis, focando-se no consumo reduzido, e que com o Alder Lake espera expandir a um maior número de dispositivos, desta vez focando-se em maximizar o desempenho. Para que esse objectivo seja cumprido é essencial que exista uma sinergia perfeita entre software e hardware, para que o sistema operativo possa enviar os processos adequados para os núcleos adequados.

São CPUS que irão chegar numa altura em que a Apple já estará a transitar os seus computadores para os seus chips ARM, pelo que irão ter um papel muito importante para demonstrar se ainda há esperança para a continuidade dos chips x86.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]