2020/09/07

MS diz adeus ao Flash no final do ano

A MS já revelou os seus planos de abandono do Flash no Edge e Internet Explorer, que oficialmente ficará sem suporte no final deste ano.

O Flash da Adobe, que em tempos parecia em risco de dominar a web e que tanto deu que falar quando a Apple se recusou a suportá-lo no iOS, está na sua fase final. Um fim que já tinha sido anunciado em 2017, mas que agora se aproxima da sua data efectiva. A partir de 31 de Dezembro de 2020 a MS deixará de suportar o Flash Player no Edge, Edge Legacy e Internet Explorer 11.

É um adeus que será coincidente com a chegada do Chrome v88, e pela desactivação do Adobe Flash Player (que ainda poderá ser activado manualmente, mas só para versões KB4561600 ou mais recentes, de Junho de 2020 - com as anteriores a ficarem completamente bloqueadas). Será também lançada uma actualização "Update for Removal of Adobe Flash Player" via Windows Update, este Outono, que se encarregará de remover o Flash do Windows, e que poderá ser utilizada de forma voluntária pelos utilizadores que não quiserem esperar pelo Verão de 2021, altura em que será obrigatória para todos os Windows.

A MS ainda deixa a porta aberta a utilizadores empresariais que por qualquer motivo necessitem de manter o acesso ao Flash, dizendo que será possível manter o suporte flash em ambiente empresarial mediante plugins para o Edge e IE11, mas sem qualquer suporte oficial directo por parte da Microsoft.


Esperemos que o Internet Archive venha a disponibilizar um emulador que permita preservar e aceder aos milhares de jogos Flash que foram criados nos tempos áureos dessa tecnologia; tal como tem feito para jogos de tantas outras plataformas (máquinas arcade, consolas clássicas, máquinas de jogos LCD, MS-DOS, etc.).

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]