2020/09/25

NOS lança tarifário IoT para localizadores, smartwatches e outros equipamentos


Diz-nos a evolução do mercado que "tudo" estará ligado à internet, e a NOS tenta fazer a sua parte com o lançamento de um novo tarifário destinado a dispositivos IoT, smartwatches, etc.

O futuro da Internet of Things (IoT) é muito bonito, mas depressa se confronta com questões práticas do mundo real. É muito fácil ter dispositivos ligados à internet quando se está perto de uma rede WiFi; mas as coisas mudam completamente de figura quando se trata de ter acesso à internet em qualquer lado, sem depender WiFi ou um smartphone por perto que sirva como ponte de ligação para a internet. É isso que dificulta a utilização de coisas como smartwatches de forma independente de um smartphone, ou a utilização de localizadores GPS que possam reportar a sua localização sem estarem dependentes do raio de acção de uma ligação Bluetooth.

A NOS passa a disponibilizar um tarifário IoT destinado a estes dispositivos, naquilo que dizer ser a primeira oferta de Narrowband-IoT (NB-IoT) para o público, destinado a facilitar a ligação de objectos inteligentes, e já preparada para ser utilizada com a futura rede 5G à medida que esta for sendo implementada.

O NB-IoT é uma tecnologia LPWA (Low Power Wide Area), que permite obter um elevado número de ligações a dispositivos e sensores, sem interferências e com maior cobertura. Esta tecnologia permite, ainda, uma optimização do consumo da bateria dos dispositivos, podendo em alguns casos garantir vários meses sem necessidade de recarga.

Os tarifários estão disponíveis em versões pré-pago e pós-pago, ou incluídos em pacotes sem período de fidelização associado. A mensalidade varia em função do dispositivo em que é utilizado: sendo de €2.99€/mês para utilização em alarmes residenciais e localizadores, €4.49/mês para smartwatches. A gestão é feita através da App NOS, que passa a ter uma área específica onde os clientes podem receber alertas e comunicações de serviço, carregar o saldo ou pagar facturas.

A NOS lança ainda uma opção que inclui o localizador TCL MOVETRACK e cartão SIM, pelo valor de €39.99 com mensalidade de 2,99€, sem período de fidelização associado. Existem quatro versões deste produto que incluem acessórios específicos para dar resposta às necessidades dos segmentos com maior procura: animais, crianças, objectos e seniores.


É um bom primeiro passo no sentido de disponibilizar uma solução para a conectividade global que se deseja; mas penso que os preços terão que baixar muito mais para que esse futuro se possa concretizar. Três euros por mês pode parecer um preço simpático, até nos lembrarmos que neste mundo da IoT teremos muitos dispositivos para manter ligados. Imagine-se uma família com quatro pessoas, em que cada um deles terá um smartwatch, e quatro localizadores para que cada um coloque em qualquer coisa que considere importante (como bolsas, mochilas, malas, etc.). Nesse caso já estamos a falar de algo como 30 euror por mês, que facilmente se poderia agravar ainda mais se adicionarmos mais alguns localizadores para colocar nos automóveis, bicicletas, etc. etc.

Para possibilitar o mundo IoT que nos está a ser prometido, será preciso que esta conectividade baixe para valores de cêntimos por mês por cada dispositivo conectado. Até lá continuarão a ser mais atractivos opções como os Invoxia, com rede SigFox, que custa €9.99 por ano (€0.83/mês).

1 comentário:

[pub]