2020/09/17

Sony Xperia 5 II vem com 120Hz e alimentação directa para jogos


A Sony tem um novo Xperia 5 II que mantém o formato 21:9, mas é mais económico que o Xperia 1 II e vem com ecrã de 120Hz e curiosa capacidade para quem quiser passar horas a jogar.

O Sony Xperia 5 II vem com ecrã de 6.1" 21:9, com esse formato esticado a significar que tem apenas 68mm de largura, tornando-o bastante mais manejável que outros smartphones de 6.1". É um ecrã de 120Hz (e touch a 240Hz), como agora começa a ser quase indispensável, e que é acompanhado por um Snapdragon 865, 8GB de RAM, 128GB/256GB + microSD, câmara frontal de 8MP com estabilização, câmara tripla traseira de 12MP + 12MP ultrawide + 12MP telefoto 3x (e que pode gravar vídeo 4K a 120fps), bateria de 4000mAh, colunas stereo frontais, e ficha de headphones.


Sendo um Sony já era esperado que tivesse capacidades fotográficas e de vídeo melhoradas, como a gravação de vídeo 4K a 120fps; mas que são complementadas com coisas como o autofoco que se foca nos olhos das pessoas ou animais de forma contínua, ou podendo ser ligado directamente a uma câmara Sony com cabo USB para fazer upload das fotos da mesma, ou eventualmente ser usado como monitor externo para as câmaras (funcionalidade prometida para o Xperia Pro que não se sabe se será alargada a este modelo.

Mas há outra funcionalidade interessante, em particular para quem gostar de usar o smartphone durante horas sem se preocupar com a bateria. Para além de permitir bloquear o refresh rate, velocidade do touch, e outras coisas para garantir que os jogos funcionam da forma que queremos, temos também uma opção de "power bypass" que faz com que a alimentação do smartphone seja feito directamente via cabo USB-C sem passar pela bateria, evitando estar a usar energia da bateria e ter o carregador a recarregá-la continuamente. Com isto, evita-se o aquecimento provocado por essa operação, permitindo tirar o máximo partido das capacidades do hardware sem redução de velocidade devido às questões térmicas - e também evitar a degradação da bateria.

Funcionalidades interessantes, mas que serão traídas por um preço que deverá ir para perto dos 1000 euros.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]