2020/10/23

Apple desincentiva filas para iPhone 12

Os iPhone 12 chegam hoje às lojas, mas em tempo de pandemia também a tradição das longas filas está a ser desincentivada pela Apple.

Embora já não tendo tanto impacto como noutros anos, o lançamento de uma nova geração de iPhones era um fenómeno normalmente marcado por longas filas de pessoas à frente das lojas, algumas marcando o seu lugar com alguns dias de avanço, e com direito a momentâneos momentos de fama para a primeira pessoa a entrar na loja e a sair com um dos novos iPhones. Desde então muitas pessoas preferiram optar pelo descanso e conforto proporcionado pela compra online, mas ainda assim há quem prefira manter essa tradição... que este ano entra em conflito com as recomendações anti-Covid-19.

Por isso mesmo a Apple está a pedir aos fãs que não criem as habituais longas filas, e avança com sistemas alternativos para as combater. Se se começarem a formar filas demasiado longas, as lojas têm instruções para atribuir número de ordem aos clientes, com uma hora marcada para a compra do iPhone. Nalgumas lojas nem sequer serão permitidas filas, com entrada reservada apenas a quem tiver feito pré-marcação.

Mesmo assim há lojas onde as filas, embora mais pequenas, continuam a marcar presença. Seja como for, agora até nos parece inimaginável que em tempos "pré-Covid" se assistissem a coisas assim:

Em Portugal, os iPhone 12 começam nos 829 euros para o iPhone 12 mini, nos 929 euros para o iPhone 12 normal, 1179 euros para o iPhone 12 Pro, e 1279 para o iPhone 12 Pro Max.

2 comentários:

  1. Claro que sim, ao lançarem um modelo sem acessórios na caixa e sem grandes novidades e para mais aumentaram-lhe o já de si elevado preço, desincentivam toda a gente. Prefiro gastar o mesmo valor num aparelho da Samsung!

    ResponderEliminar
  2. Pelo contrário, tenho visto as lojas Apple completamente vazias...

    ResponderEliminar

[pub]